Feliz aniversário Yves Saint Laurent

Criador do smoking feminino, responsável por popularizar o Prêt-à-porter e primeiro estilista a utilizar modelos negras em desfiles, é inegável que o estilista francês deixou um legado na moda. Para celebrar essa história, separamos alguns filmes para você conhecer mais da vida e trabalho do conturbado gênio do século XX.

Yves Saint Laurent

Símbolo máximo de sofisticação, Yves Saint Laurent completaria 80 anos.

Em 2014, dois filmes sobre o couturrier foram lançados.

O primeiro deles, Yves Saint Laurent, é dirigo por Jalil Lespert e retrata o começo da carreira do estilista – desde o momento em que assumiu a direção criativa da Dior (com apenas 21 anos), até seu auge. Nele também é possível observar os altos e baixos entre Saint Laurent e Pierre Bergé, seu companheiro e parceiro de negócios.

Por que você deve assistir: O figurino do filme conta com as peças originais, uma vez que Bergé as cedeu e ainda acompanhou a filmagem. Ele ficou emocionado com tamanha semelhança do ator Pierre Niney com Saint Laurent.

Assista ao trailer:

Saint Laurent

Diferentemente do primeiro, esse filme não contou com a benção de Bergé e o diretor Bonello teve que recriar todo o figurino.

O trabalho a mais da produção não ofuscou o brilho do longa que conta o período de 1967 a 1976, momento mais criativo do estilista e também conturbado de sua vida pessoal.

Afundado no álcool e nas drogas, ele precisava lidar com o fato de que não era apenas seu trabalho que interessava a mídia, como também seu comportamento. Com Gaspard Ullie interpretando Saint Laurent, o filme ainda traz Louis Garrel vivendo Jacques de Bascher, affair de Yves e Karl Lagerfeld.

Por que você deve assistir: A produção que conta com cores vibrantes com seus cenários e figurinos coloridos, foi selecionada em Cannes e indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Assista ao trailer:

L’amour Fou

Se você já assistiu aos filmes acima e ainda quer se aprofundar mais na história do francês que mudou a moda do século passado, esse documentário é ideal.

Dirigido por Pierre Thoretton, a obra tem como foco a relação amorosa do estilista com Pierre Bergé.

A partir daí, é possível acompanhar toda a carreira do designer, uma vez que Bergé era seu parceiro de negócios tendo, inclusive, investido na marca para que ela pudesse ser aberta.

A trilha melancólica é responsável por dar um toque de sensibilidade aos grandes momentos da vida de Yves.

Por que você deve assistir: A história emocionante conta desde o momento em que o casal se conheceu, passando pela carreira do estilista, até sua morte em 2008 e ainda vem com depoimentos atuais de Bergé que mostra ser apaixonado por Yves até hoje.

Assista ao trailer: