Normcore, o anti look

Gente como a gente

100314normcore203zNORMCORE1-master675

Normcore é um estilo de vestir que foi destacado pela NY Mag, a revista de moda do jornal New York Times, como um novo chamado das ruas.

Essa tendência do ‘anti look’ é a faceta da evolução da anti moda.

Conforme a Wikipédia, significa um lifestyle que prega “seja você mesmo”.

O desafio visual é vestir roupas consideradas comuns, simples ou até mesmo bregas, e conseguir um efeito surprendente.

Shoe-Normcore

Quando eu visitei Tóquio nos anos 1990 já se via nas ruas um movimento parecido.

Os japoneses que até os anos 1950 vestiam suas roupas tradicionais foram apresentados a uma seleção de roupas ocidentais que nunca haviam portado.

Era natural que ao compor o look se parecessem a criança vestindo por conta própria no armário da mãe.

Com isto descolaram combinações inusitadas misturando sem o pudor das regras da elegância européia e com isto, mesmo com roupas comuns, criaram um look novo.

Como se vestisse no escuro

Roupas vintage, camisetas com propagandas, fora do tamanho ideal, surradas, meias brancas, tudo tem lugar nesta tendência, que é bem semelhante aos looks dos personagens de seriados norte-americanos dos anos 1990.

A ideia é não se parecer com ninguém, nem ser ícone de estilo.

Steve Jobs, Mark Zuckerberg e o humorista Jerry Seinfeld, da série homônima que também serviu de inspiração para a nova tendência são a imagem a ser copiada.

Várias marcas já apostaram na tendência. Entre elas, Celine (na coleção de primavera-verão 2013), Marc Jacobs (verão 2014), Miu Miu (inverno 2014) e Karl Lagerfeld, que montou um supermercado na coleção de inverno 2014 da Chanel, com Cara Delevingne e outras tops desfilando com looks  normcore.

Tô nem aí

Regras de como vestir sem regras

2014_03_fashion-sneakers_jpg

Esta nova tendência que sai das ruas e influencia as passarelas prima por conjugar peças que pelas antigas regras de elegância jamais se entrosariam em termos de estilo.

Tudo começou com os japoneses. Ao se deparar com as roupas ocidentais, misturaram sem regras estabelecidas, formando novas imagens para peças tradicionais e provando que na moda tudo pode.

Nos anos 1990 os estilistas belgas desistiram dos acabamentos tradicionais e propuseram fiapos e furos como detalhes nas roupas.

Na seqüência, a busca as roupas de brechó incentivadas pelas personagens de “Sexy and the city” fortaleceram o estilo normcore pelo mundo.

Os estilistas entenderam que uma nova espécie de glamour estava se formando.

Conforto chique

2014_03_fashion-sneakers_jpg

Uma calça jeans ralada pode ter etiqueta poderosa e custar mais de quinhentos dólares, uma jóia de diamantes parecer bijuteria barata, a blusa puída pode ser uma legitima Saint Laurent dos anos 1970.

Nesta tendência normcore o luxo é ser sem parecer.

Um antídoto a muitos anos de ostentação na moda.

Sinal dos tempos. Pessoas muito arrumadas são pistas para desonestos e alguns desonestos adoram se exibir como saídos de uma loja de luxo.

Nos depoimentos das múltiplas CPIs que estão acontecendo no Brasil impressiona a qualidade dos ternos com sotaque italiano e gravatas de seda pura com nós vistosos e colarinhos impecáveis que os acusados se apresentam. Nenhum assalariado convence vestindo Ferragamo.

Desafinados

normcore2

A super editora de moda do século vinte, Diana Vreeland considerava que um toque de mau gosto é obrigatório em qualquer visual elegante. Uma transgressão que pode ser um sinônimo de liberdade.

Mas não pense que este estilo que parece não combinar nada é fruto do acaso. Tudo deve ser planejado para um visual completo.

Para ser um normcore é fundamental conhecer o ritmo desta tendência.

Cabelos

  • Nada de penteados.
  • Texturas e displicência de quem levantou da cama são essenciais.
  • Mas os cabelos devem estar brilhantes e bem cuidados e as unhas impecáveis.

Maquiagem

  • A maquiagem também deve dar a impressão de ter sido feita em dois segundos.
  • Sombra nos olhos aplicada com os dedos, rímel pesado, bochechinha rosada e batom cor de boca ou vermelho.

Acessórios

  • Nos acessórios evite combinações lineares.
  • Descombinar é a ordem, com calçados e bolsas de boa qualidade, mas aparência de vintage ou coloridas.
  • Use e abuse do Sneakers ( tênis).
  • Adote meias com sandálias.

Roupas

Normcore-girls1

  • Nas roupas, misture muito, mas não perca o rumo.
  • Importante é o visual integral e não elementos separados.
  • Kate Moss é a musa.
  • Estabeleça contrastes e misture sem piedade as peças básicas.
  • Nas estampas tente manter uma certa harmonia nas cores dos desenhos.
  • Ao misturar coloridos observe que o resultado não se parece a uma colcha de retalhos. Vista uma peça em cor neutra para estabelecer um meio termo.
  • Ao usar uma peça muito detonada sinalize a intenção moda com algo mais sofisticado.