Visão de Raio X

Caveiras e esqueletos na moda

As caveiras se tornaram um grande hit
O tom macabro e intimidador ficaram cada vez mais amigáveis, sendo estampados em blusas, casacos e também sendo o principal adereço de acessórios como anéis, colares, brincos e pulseiras.
O surgimento da simbologia da caveira
A simbologia da caveira representa mortalidade, renovação e transformação.
Entretanto, as diferentes formas de uso e aplicação deram novos significados ao símbolo e ampla interpretação de uso.

A caveira entre os piratas

Um desses usos mais famosos foi feito pelos piratas.
A imagem da caveira com dois ossos cruzados tinha nome: Jolly Roger.
As bandeiras que carregavam essas imagens, nos mastros dos navios piratas, tinham uma mensagem clara: perigo!
Era uma forma de intimidar os marinheiros, dando a eles um alerta de que a morte era iminente naquele momento.
Mas os próprios piratas tinham conhecimento dos outros significados da caveira.
Antes de embarcarem para suas missões, eles deixavam anéis de caveira com as suas esposas, que significavam que, independentemente se voltariam ou não, o amor deles era eterno.

No México, como celebração à morte

Diferente de muitas culturas, principalmente da católica, as caveiras não têm o ar mórbido no México.
Lá elas são uma grande representação e objeto de culto na data do Dia dos Mortos (ou Dia De Los Muertos).
Para os mexicanos, a caveira tem o simbolismo da eternidade, da vida e proteção contra os maus espíritos.
O tom do Dia dos Mortos, para os mexicanos, é de muita alegria. Eles saem às ruas fantasiados de caveira e utilizando a imagem estilizada, dando um ar de festa e alegria aos crânios.

O simbolismo entre punks e góticos

Também tradicional é o uso de caveira como expressão de rebeldia, agressividade e imposição.
O símbolo historicamente tem raízes no movimento punk e por apreciadores de gêneros musicais como o metal.
Coletes, camisas e acessórios trazem a imagem das caveiras, marcando o estilo desses grupos.

A popularização das caveiras e esqueletos na moda

Um dos principais responsáveis pela imensa popularização da tendência de caveiras foi o designer Alexander McQueen.
As imagens estão presentes em praticamente todas as coleções da marca desde 2008.
A moda se espalhou por todo o mundo, chegando até o Brasil.
Por aqui, Alexandre Herchcovitch é um dos grandes entusiastas da caveira, também dando bastante espaço para elas em suas criações.
Os acessórios foram às primeiras plataformas de aplicação do símbolo: anéis, brincos, colares e pulseiras traziam as caveirinhas de metal e chamavam muita atenção.
Apesar das interpretações negativas quanto ao símbolo, elas rapidamente se tornaram populares, principalmente entre as mulheres.
Com a melhor aceitação por parte do público, as caveiras começaram a estarem presentes em cada vez mais peças.
As camisetas são os principais quadros onde são pintadas.

Estampas de todo o tipo

As caveiras estão presentes de todas as formas nas roupas.
O estilo de desenho varia: clássico, vazado, retrô, colorido (como as caveiras mexicanas) e até mesmo desenhos feitos de paetês e pedrinhas.
Há também as roupas onde a caveira está estampada por toda a peça, se repetindo como um padrão.