Viciada em bolinhas

Pequenas, médias ou grandes: as polka dots, conhecidas popularmente como poá ou “bolinhas”, há temporadas dão as caras na moda – mas não da forma como nossas mães e avós as conheceram.

Capturaruntitled
untitled 2

Nos anos 1950 eram comuns em vestidos acinturados, mas a trend atual chega repaginada nas passarelas internacionais.

Além de atual, o poá da vez não é padronizado, podendo variar o formato e também o tamanho

Marc Jacobs diversificou as padronagens em uma roupa apenas com poás simples: preto no branco e branco no preto.

Já na Edun, a estamparia é em formato de botões.

poá (Foto: Getty Images)

- (Foto: Getty Images)

Como usar estampas de bolinha

História da Moda Estampa de Bolinhas Poá Marilyn Monroe pin up

  • A primeira a lembrar é que quanto maior a estampa, maior pode parecer a silhueta.
  • Cuidado com poás grandes – e, se for usar, escolha a parte do corpo que quer chamar atenção.
  • Os poás conseguem facilmente se misturar com outras estampas, assim como o listrado.
  • Para fazer o mix, escolha peças com cores similares ou até uma estampa dominante entre elas.

História das estampas de Bolinhas Poás

Nos anos 1950 a estampa de bolinhas, também chamada de petit-pois, polka dot ou poá, foi consagrada nos looks das pin-ups com um apelo erótico e divertido, personificado pela atriz Marylin Monroe.

História da Moda Estampa de Bolinhas Poá Marilyn Monroe filme

  • O primeiro registro do termo “polka dot” apareceu em 1854 na revista literária Yale, Volume 122, página 7. No entanto, o uso e a origem desta padronagem,  o poá, surgiu muito tempo antes.
  • Bolinhas tornaram-se comuns na roupa do final do século XIX no Reino Unido, e se tornaram popular com a chegada de imigrantes do leste europeu na América também no sec. XIX.
  • Eles trouxeram a Polka, uma dança de origem polonesa muito animada e que fez muito sucesso na época (o pós guerra foi uma época de descontração, prosperidade e alegria) e os movimentos circulares dessa dança animada inspirou a criação da estampa.