Tweed para o frio

O tweed é um tecido quentinho, de diferentes padronagens, feito de lã, que surgiu às margens do rio Tweed, que separa a Inglaterra da Escócia.

Ganhou o mundo através da “Little Black jacket” da Chanel,na década de 1920.

allure_of_chanel

O tweed começou a aparecer com maior destaque em 1852, no inicio do período vitoriano.

Em 1846, o alfaiate Henry Poole abriu sua primeira loja, na rua Savile Row, em Londres, que hoje continua sendo uma das maisons mais famosas quando o assunto são ternos e casacos.

Poole já vestiu os homens mais importantes da Europa, como Napoleão III e a Rainha Elizabeth II e desde essa época já utilizava o tecido em suas confecções.

Casaquinhos feitos de tweed, por volta do ano de 1898, eram usados em atividades ao ar livre, inspirados nas linhas da alfaiataria masculina, juntamente com saias em forma de sino e uma camisa.

Nos anos 1900, o tweed voltou a fazer parte da alta sociedade, sendo sinal de sofisticação e luxo, graças às peças de Chanel, que produzia casaquinhos e conjuntos feitos com o material.

coco-chanel-tweed-suit-1

Em 1954, com a reabertura de sua maison de Couture a estilista quebra paradigmas e rompe com a moda dos vestidos pomposos e exuberantes usando tecidos firmes como a lã Tweed para um novo visual feminino.

No lugar da cintura de vespa, Chanel adota movimento, minimalismo e cortes retos e dá a cara que conhecemos hoje para o tailleur feminino.

chanel-rtw-fw2014-runway-15_085024227544

A peça em tweed ainda é um clássico constantemente revisitado e assume novas formas, se renovando de acordo com as tendências de cada temporada.