Sem medo de ser petite

PEQUENAS GRANDES ESTRELAS
As câmeras conseguem mudar a percepção que temos das pessoas

Coco Chanel, baixinha, se considerava sua própria modelo, defendendo a ideia de que não é preciso ser alta, magra e esguia para ficar bonita em uma determinada peça.

Muitas das estrelas que deslumbram em filmes e novelas, com um físico incrível que a câmara registra, muitas vezes são bem menores.

O formato retangular da TV e do cinema favorece a quem tem pouca estatura, porque se “enquadram” melhor esteticamente.

Muitas das celebridades que influenciam a moda são de tamanho mignon. Apesar de  pequenas, acabaram tocando as estrelas.

Como dizia Ruy Barbosa “o tamanho de uma pessoa deve ser medida da cabeça para cima”.

Lady Gaga

Mesmo com 1,55 m. lançou novos estilos e marcas de moda.

Madonna

A eterna rainha do pop com 1,64 m. popularizou propostas de moda e estilistas.

Carmem Miranda

A bombshell que é sempre referência de moda em todas as épocas media 1,52 m.

Curta Metragem

Uma boa postura e roupas que alongam favorecem as mais baixas de estatura.

Beleza e elegância não têm nada a ver com altura.

Arquitetos sabem que é mais fácil acertar em pequenos espaços do que em ambientes com muito m².

Quem tem pouca altura e deseja aparentar alguns centímetros visualmente, sem o sacrifício dos saltos, siga estas sugestões de imagem.

Avalie por ordem de importância o que fica mais legal

O peso do tecido – sempre leve.

Textura – tramas mais macia e delicada.

Padronagem – pequenas.

Cor – tons próximos, sem contrastes na parte de cima e baixa do corpo.

Estampas – verticais ou que se fundam entre si formando uma só cor predominante.

Qualquer detalhe que possa criar linhas verticais.

Encare sem medo

  • As partes que cobrem a parte superior do corpo são as mais importantes e merecem mais atenção.
  • A cava deve estar no lugar exato, às mangas ajustadas e os comprimentos não devem ultrapassar a linha dos quadris.
  • Ao usar túnicas ou paletós mais longos, combine com calças ou saias mais compridas. O efeito é melhor.
  • Saias acima dos joelhos. A opção pelas mais longas exige tecidos macios e pouco volume.
  • Bainhas mais curtas são as indicadas, principalmente se as roupas forem mais justinhas ao corpo.
  • As saias longas, dois a quatro dedos acima do tornozelo, criam a ilusão de pernas maiores. Evite as mídis. As curtas são bem-vindas se forem retas ou em leve evasé sem nenhum volume em excesso.
  • Se for usar um vestido longo, nunca arrastando no chão, pois vai achatar a silhueta.
  • Aposte nos modelos de alcinhas, curtinhos e com babados na saia. Eles ajudam a alongar as pernas, deixando  visivelmente mais alta.
  • Se você está acima do seu peso ideal, invista nos modelos com tecidos mais pesados e armados, que marcam a cintura, escondem volumes e deixam a silhueta mais harmônica.
  • Se você é baixinha e magra, evite acessórios grandes como maxi brincos, maxi colares, cintos, entre outros. O look vai ficar muito pesado.
  • Prefira os modelos com decotes V ou trapézio, pois ajudam a alongar o corpo.
  • Use sempre saltos altos, procurando sempre manter o mesmo tom que o vestido.
  • No caso dos acessórios, evite bolsas grandes, pois vai ficar  desproporcional em tamanho. Prefira os menores
  • Mantenha os cabelos longe dos ombros, especialmente os volumosos. Use curtos ou presos. Nada puxa mais o olhar para baixo que cabelos compridos
  • Use os colarinhos de camisas e suéteres abertos ou qualquer tipo de decote que mostre a pele. Quanto mais baixa a linha do decote, melhor o efeito.
  • Ao usar golas altas, prefira as do tipo capuz que ficam longe do pescoço.
  • Use estampados proporcionais ao tamanho do corpo e ao modelo, evite tudo o que é horizontal (achata visualmente).
  • Florais delicados, listas e linhas verticais alongam e afinam. Geométricos indefinidos e positivos / negativos também favorecem.
  • Use cintos finos ou moderados caindo nos quadris em cores neutras ou combinado com a roupa.
  • Jogue cores escuras ou neutras na parte de baixo do corpo e explore ao máximo a região do tórax e próximo ao rosto.
  • As calças curtas são permitidas, mas sempre próximas ao corpo.
  • Formas ajustadas ou retas, calças estreitas, legging, boca sino.
  • Decote ou detalhes próximo dos ombros para chamar a atenção para o rosto
  • Decotes em “V” e cava americana
  • Saltos altos e médios, Anabela, plataformas, botas de salto, bicos finos e alongados.
  • Peças únicas de uma só cor (monocromia) ou tom sobre tom, como vestidos, macacões e saia e blusa na mesma família de cores.
  • Evite peças em cores contrastantes que “fatiam” o corpo. Prefira vestidos e peças tom sobre tom que “afinam” e “esticam” a silhueta.
  • Paletós longos e acinturados com calças na mesma cor
  • Ombreiras somente em casacos estruturados, mas evite exageros e cavas caídas.
  • Cintura no lugar em saias e calças, alta em vestidos.
  • Barriga de fora
  • Acessórios pequenos (bolsas, cintos, bijuterias).
  • Prefira complementos e bijuterias proporcionais ao corpo.
  • Peças acompanhando a forma do corpo, com cortes, listras, fendas ou debruns em formato vertical.
  • Ao combinar cores, tons vivos na parte superior e escuros ou neutros na parte inferior.
  • Calças estreitas no comprimento exato ou estilo reto para quem tem quadris largos.
  • Meias na cor do sapato ou da saia ampliam a parte inferior do corpo.

O que pode não favorecer

  • Listras, recortes e debruns horizontais ou enviesados.
  • Estampados graúdos ou muito coloridos.
  • Tecidos volumosos ou roupas com muito efeito de panos.
  • Peças de cores contrastantes. Quando a ideia é misturar tons, opte pelas tonalidades escura que sempre alongam e emagrecem.
  • Bolsos, golas ou mangas volumosas.
  • Pregas ou franzidos que aumentam ou encurtam a largura.
  • Ombreiras exageradas, golas altas, cinturas baixas demais e blusas fechadas até o pescoço.
  • Golas rolê ou colarinhos chineses ou altos. Muito fechados, sufocam e achatam.
  • Tudo o que for volumoso como cachecóis, echarpes, peles grossas e franzidos muito próximo do pescoço.
  • Tramas brilhantes como o cetim, seda e algodão acetinado, paetês refletem a luz que ao incidir no corpo pode torna-lo mais largo visualmente. Já as fibras opacas absorvem a luz e não influenciam no aumento de volume.
  • Evite mais de quatro cores ao mesmo tempo, a não ser variações da mesma tonalidade.
  • Cinto largo ou contrastando com a roupa.
  • Cuidado com as cavas raglan. A linha oblíqua diminui os ombros, que são importantes para quem tem pouca altura.
  • Mangas morcegos ou japonesas. Alargam a silhueta.
  • Calças de boca sino. Se optar, use com saltos bem altos.
  • Sapatos muito pesados, plataformas descomunais ou salto muito grosso. No corpo das mulheres pequenas tudo deve ser delicado para combinar com o tipo físico. Se quiser parecer mais alta use saltos altos, mas finos.
  • Evite sapatos muito coloridos ou enfeitados e meias coloridas. As pequenas devem sempre chamar a atenção da cintura para cima.
  • Tudo o que destaca ou listra na horizontal
  • Estampas e xadrezes graúdos
  • Texturas no tecido
  • Cores contrastantes entre a parte superior e inferior da roupa.
  • Drapeados, amarrações, pregas, franzidos.
  • Sobreposições de peças de proporções diferentes
  • Cintura baixa, pois alonga o corpo e diminui as pernas.
  • Barra italiana
  • Vestidos e saias stretch
  • Camisão e Camisetão
  • Formas e modelagens amplas como o godê ou evasé.
  • Blazers e blusas abaixo dos quadris, muito soltas ou de ombros caídos.
  • Comprimento no meio das pernas – mimolê em calças e saias
  • Ombreiras exageradas, golas altas, blusas fechadas até o pescoço.
 Conheça algumas estrelas de pequena estatura que brilham com um tamanho infinito

Reese Witherspoon

Com  1, 58 m, a atriz e produtora Reese Witherspoon, já ganhou um Oscar e um Globo de Ouro, e ficou famosa com o filme “Legalmente Loira”  .

Bruno Mars

Bruno Mars é um dos cantores mais populares do momento e mede 1,65 m, abaixo da média para homens.Mas ele não se importa em ser visto com mulheres mais altas do que ele… ”me sinto poderoso!”, comenta o cantor.

Eva Longoria

Eva Longoria é uma das atrizes mais sensuais e irreverentes do cenário atual.Embaixadora da L’Oreal Paris, Eva com 1,58 m de altura, abusa do salto alto, e conseguiu conquistar prestígio de top-model.

Lady Gaga

Lady Gaga se destaca com 1,55 m de altura.

Kourtney Kardashian

Um das mulheres mais “influencers” mede 1,52 m de altura. O clã Kardashian começou a chamar a atenção por seus enormes lábios carnudos e, principalmente, sua cintura fina e quadris largos.

Daniel Radcliffe

O eterno Harry Potter mede 1,65 m e diz que não se importa muito, mas que já pensou em usar algum efeito da bruxaria para comprovar se é possível ficar maior alguns centímetros.

Humphrey Bogart

O astro de “Casablanca” media 1,68, o que não o impediu de atuar com atrizes mais altas como Ingrid Bergman (em Casablanca, onde usava uma plataforma mais alta no cenário nas cenas à dois) e Audrey Hepburn.

Foi casado com Lauren Bacal com quase uma dezena de centímetros a mais.

Dustin Hoffman

O astro de The Graduate ( A primeira noite de um homem), que conquistava a sogra, Mrs. Robinson, parece atlético no filme, mesmo com 1,63 cm de altura.

Al Pacino

Um dos maiores galãs dos anos 1970/80 tem 1,68 cm.

Michael J. Fox

A estrela de “De volta para o Futuro” tem 1,62cm o que lhe garantiu papéis de adolescentes mesmo mais maduro.

Dudley Moore

Fez filmes memoráveis nos anos 1970 e 1980 conquistando mulheres lindas como  “A Dama de Vermelho” confiante nos seus 1,56cm.

Sessão Photoshop

Muitos antes do Photoshop, Hollywood sabia como ninguém disfarçar as imperfeições das estrelas.

Bing Crosby

Era daltônico e calvo.

Fred Astaire

Era tão magro que todas as roupas precisavam ser feitas sob medida. Começou no cinema maduro. Nesta época já usava aplique capilar.

Samy Davis Jr., Peter Falk, John Ford e Rex Harrison

Todos cegos de um olho

Dudley Moore

Pés tortos

Tom Cruise, Humphrey Bogard, Allan Lad

Pouca altura

Paul Newman

Daltônico

Harold Loyd

Não tinha dois dedos na mão direita

Frank Sinatra, Gene Kelly, Sean Connery, Tony Curtis, Burt Reynolds, Fred Astaire, Charlton Heston

Todos usavam peruca ou aplique capilar

James Dean

Era míope e baixinho

Ricardo Montalban

Tinha uma perna mais curta que a outra

Clark Gable

Colocou jaquetas no início da carreira nos dentes que acabou dando problemas exigindo o uso de uma prótese. Marilyn Monroe quando contracenou com ele em “Os Desajustados” (The Misfits), reclamou na hora dos beijos.