Complexo de Cinderela

Vinte e dois bilhões de reais são gastos em sapatos por ano e boa parte não foram usados.

Nem todos que foram comprados chegaram a circular pelas ruas.

Quase todo mundo já se entusiasmou por uma modelagem para descobrir com o uso que machuca o pé.

Digitalizar0015

Nem todo mundo tem pezinho de Cinderela, a que veste qualquer sapato-  até de cristal, sem nenhum problema.

Maneira de usar sapatos

Muito mais importantes que escolher o sapato ideal, é saber o jeito certo de usar estes calçados

  • Não use o mesmo sapato todos os dias para não “viciar” o andar, criando pontos permanentes de pressão.
  • Troque saltos e solas sempre que estiverem gastos. Usá-los gastos traz problemas de postura.
  • Ao experimentar um sapato novo, verifique se ele deixa seus dedos livres, com movimento.
  • Apesar de modernos, cuidado com os saltos muito altos: eles podem causar calosidades na parte da frente dos pés.
  • Quem tem calos, prefira sandálias confortáveis, que não comprimam os dedos. Se a calosidade for grande, é aconselhável um desbaste, que deve ser feito por pedicuro.
  • Jamais use o mesmo sapato por dois dias seguidos. Deixe-os tomando ar por um dia.
  • Usar sandálias constantemente pode causar rachaduras no calcanhar. Para prevenir aplique neles, antes de dormir, creme hidratante e coloque meias. No dia seguinte estarão macios e prontos para novas caminhadas.
  • Sempre que possível, ande descalça, de preferência na areia: é ótima massagem.
  • Se você usa sapatos fechados todos os dias, pelo menos em casa fique com os pés descalços pois eles precisam de ventilação e oxigênio.
  • Para evitar o aparecimento de micoses e cheiro desagradável, seque bem o espaço entre os dedos, após o banho, podendo usar até mesmo o secador de cabelos. Aplique em seguida um talco antisséptico.
  • Quando os sapatos de couro ou verniz apertarem o pé, coloque uma quantidade de xampu nas mãos e passe por dentro deles.
  • Quando o seu sapato novo apertar use um pedaço de algodão embebido em vinagre e deixe por alguns minutos.

Formatos dos pés

A maioria das mulheres muitas vezes tem que adaptar os lançamentos de moda ao formato do pé.

Para sorte geral, as muitas opções que a vitrines oferecem em matéria de calçados conseguem vestir bem todos os pés, sem nenhum complexo.

É importante que os pés se acomodem com conforto na fôrma adequada, bem assentados, preenchendo completamente a palmilha.

Pés largos

  • Evite sandálias cuja gáspea é muito larga ou fechada demais. Comprimem o peito do pé e evidenciam o formato. Modelos mais abertos, mules decotadas, bicos afinados, gáspea quadrada ou decote em “V” são mais favorecedores.
  • Evite sandálias com tiras muito finas ou que marquem no pé.

 Pés finos

  • São perfeitos para botas e mules, mas sofrem na hora das sandálias. Geralmente as tiras sobram. Mas não deixe de usar o que gosta. Qualquer sapateiro reduz as tiras ao tamanho dos pés.