Sapatos para cada roupa

Sapatos adequados a cada tipo de roupa

Sandálias, alpargatas, tênis e balerines rasteiras

  • Use com saias longas, médias e curtas.
  • Companheiras das calças, em especial as mais curtas.
  • Conferem modernidade instantânea em qualquer visual, especialmente se usadas á noite com vestidos mais sofisticados.
  • Não calça tão bem em mulheres baixas, fora do peso, pernas curtas ou grossas. Um pequeno salto valoriza mais.
  • O formato pode ser de dedo, gladiador, tiras, chinelo ou sapatilha. O material vai determinar a sofisticação do modelo. Tecidos e couros foscos e rústicos são ideais para o dia. Brilhos, metalizados e verniz combinam com a noite, mas podem dar uma pinta no sol, também.
  • Sapatos baixos com roupa de festa funcionam em ambientes descontraídos, mas desfavorecem a silhueta feminina nas ocasiões mais formais como casamentos, bailes ou eventos á rigor.

Tamancos esportivos

birkenstock

  • Os tamancos (Dr. Scholl, Birkenstok), mules, bambochas ou slides (deslizar, escorregar), como são chamados nos Estados Unidos são sapatos sem a parte traseira, numa solução que une sensualidade e conforto.
  • A inspiração vem dos chinelos femininos de quarto e dos modelos de origem oriental.
  • Em todos os formatos, feitios, alturas e estruturas de salto os tamancos são importantes nos pés da primavera verão.
  • Os tamancos com solados orgânicos (palha, madeira, juta e cortiça) acompanham roupas de praia e esportivas.
  • Os tamancos com aspecto rústico acompanham calças, saias e vestidos curtos médios e longos de tecido natural (linho, seda, algodão e jeans).
  • Os de plataforma coberta combinam com vestidos, calças e saias em tecidos sofisticados ou tecnológicos.
  • Os centímetros das plataformas ou saltos devem ser proporcionais à altura e volume de quem usa.
  • Uma baixinha com um solado de dez centímetros não vai parecer mais alta e sim como se andasse sobre andaimes.
  • Os modelos sem salto ou com salto baixo e grosso ou plataforma, com o cabedal em tiras, de dedo, assandaliados ou inspirados nos tamancos holandeses, combinam com saias compridas, médias e calças.
  • Tamancos de salto mais alto e grosso complementam comprimentos mais curtos como as minis, micros e shorts.
  • Escolha modelos com estabilidade e que segurem bem no pé para não prejudicar a maneira de andar.
  • Para a noite, os solados na cor do cabedal ou em acrílico transparente são mais refinados.

Tamancos sociais (Mule)

  • Dependendo da modelagem e altura de salto, os tamancos e mules, podem frequentar vários ambientes e horários, só sendo proibido para roupas mais formais e festas que exijam o traje recepção: um casamento, por exemplo.
  • Também deixe o tamanco em casa se o seu programa incluir danças, sob o risco de abandonar o calçado no meio do salão.
  • Inspirados nas Pin- ups e estrelas de cinema dos anos 40/50, que utilizavam os tamancos de salto alto como um fetiche, os modelos sociais ou mules emprestam sensualidade ao visual feminino.
  • Para a noite, o ideal são os modelos de salto alto, finos ou grossos e com desenhos delicados no cabedal.
  • Combinam com calças compridas, com saias longas especialmente as de corte reto e fendas e ficam perfeitos como companheiros do comprimento Chanel.
  • Use também com saias pelo joelho, calça longa de boca estreita e corsário.
  • Criam clima de sensualidade para os vestidos e terninhos, mas não use com saias de bainhas longas que escondam o sapato.
  • Ao usar com saias micro e curtas, todo cuidado é pouco para não cair na vulgaridade. Só combine este tipo de calçado com comprimentos curtos se as pernas forem modeladas ou magras.
  • Use sem meias de nylon.
  • Proibidas para pés gordinhos ou muito magros.
  • Use alturas mais baixas durante o dia e aumente os centímetros quando a noite chegar.
  • Os saltos podem apresentar visual robusto ou fino como estilete, mas é importante que o bico seja alongado.

Sandálias

assandaliado

  • As sandálias apresentam muitas versões de saltos: anabela, plataformas, meia pata (salto e plataforma separada) e salto grosso que combina com todos os looks esportivos do verão, enquanto os saltos finos ficam restritas a cenários e roupas sociais.
  • O cabedal pode apresentar tiras grossas ou finas como um cordão.
  • Use com calças, saias e vestidos adequando saltos, modelagens e materiais com o horário da festa.
  • Saltos altos ou finos exigem treino, pois mesmo incômodos devem permanecer nos pés durante toda a festa.
  • Sandálias com tiras nos tornozelos exigem pernas enxutas.

Sapatos assandalhados no inverno

  • Não tente improvisar o estilo com as sandálias de verão. Os modelos de inverno são mais fechados e em cores e materiais de inverno.
  • Use com meia cor da pele (estilo clássico), meias pretas finas ou foscas, coloridas nos tons de inverno ou vibrantes, curtas tipo soquetes ou arrastão.
  • Use com saias, calças e dando um toque de surpresa em tailleurs e terninhos tradicionais ou no sóbrio vestir de inverno.

Mocassim e Oxford

  • Criados pelos índios norte-americanos, os mocassins eram inicialmente confeccionados em casca de árvore, sem salto, cuja sola subia pelos lados e pela ponta do pé, em que se juntava com uma peça em couro em forma de “U”.
  • Em modelos delicados ou no estilo masculino, o mocassim tem sempre formas modernas e saltos de diversas alturas e formatos.
  • Calçado polivalente e curinga em qualquer estação, de salto baixo ou altíssimo, os mocassins acompanham todas as silhuetas e tendências.

Mocassins de salto baixo

  • Ideal para calças compridas, bermudas e saias longas.
  • Pode ser usado com meias curtas ou foscas com desenhos na textura.
  • Em camurça, verniz, couro box ou em estampa animal, é acessório fundamental para produções esportivas.

Mocassins de salto médio

  • Ótimo recurso para as que desejam alguns centímetros a mais. Como o anterior, veste roupas esportivas e saias curtas.
  • Gostoso para o trabalho e para um visual moderno nas roupas de sempre.

Mocassins de salto alto

  • Luxo para a hora.
  • Use com meias foscas e saias mais curtas.
  • Excelente companheiro para calças compridas, tailleurs e terninhos.
  • Procure por modelos de salto mais grosso, com cara de confortável.