Quando usar óculos é necessário

Quem não se lembra de “Óculos”, um dos maiores sucessos da banda Paralamas do Sucesso, composta em 1984?

Em seus versos, o interlocutor lamenta, entre outras coisas, o infortúnio de usar o acessório, que minava suas chances com as “meninas do Leblon”.

Muitos anos depois, tudo mudou.

Os óculos perderam status de prótese e se tornaram objeto de moda.

Todas as grandes e badaladas grifes internacionais como Dolce & Gabanna, Empório Armani, Ralph Lauren, Gucci, Prada,Versace, entre outras atualizam seu catálogo de modelos de óculos de grau a cada estação.

Muitos homens precisam usar óculos de grau

Mesmo os que não usam vão precisar depois dos quarenta para ler melhor.

Bem escolhidos o que poderia ser incomodo acaba se tornando charme ou marca pessoal.

Não existem mais os óculos “clássicos”. Nem os de grau.

Assim como os óculos de sombra, os de grau mudam conforme a moda.

Portanto mesmo que a deficiência continue igual a armação deve se renovar a cada dois ou três anos.

Óculos não devem causar desconforto

  • A posição correta é apoiá-los sobre o nariz cerca de cinco milímetros abaixo das sobrancelhas.
  • Evite armações com apoios altos (deixam o nariz comprido) ou baixos (desconfortáveis e poucos firmes).
  • O tamanho da armação ideal é a que tem a parte superior alinhada com as sobrancelhas, contornando-as, nem muito acima e muito menos abaixo delas.
  • A armação deve sempre contrastar com o formato do rosto. Rosto redondo com armação redonda, por exemplo, não combina.
  • Cabelos curtos tendem a ressaltar a armação dos óculos. Fios mais longos colocam o acessório em segundo plano.
  • Um novo material, o beta titânio que é utilizado em carros de Fórmula Um está sendo empregado nas armações. Superleve é reconhecido por sua durabilidade.
  • Marcas de óculos conhecidas e boas óticas são sempre as melhores opções.
  • Óculos errados podem criar complicações não só para o visual, mas também para a visão.