Polícia da Moda

Permitido Proibir

Quem pretende viajar também deve se ligar nos costumes locais.

Em alguns lugares do mundo é melhor ter cuidado com o que vai vestir para estilo não virar polêmica.

Muitos modelos de roupas e acessórios que fazem sucesso local podem virar fiasco em outros cenários.

Antes de fazer as malas, avalie o perigo.

África

  • Em áreas rurais é recomendável usar saias abaixo do joelho e blusas que cubram os braços e ombros.
  • Em Uganda é de bom tom vestir as roupas tradicionais do país em ocasiões especiais. O longo em algodão na forma de retângulo é chamado “busuti”.
  • É proibido usar roupas camufladas ou estilo militar. Em alguns países é considerado ilegal por lembrar o uniforme de mercenários.
  • Top less só em Senegal ou no Sul da África. Em Uganda, Nigéria e Kenya deixar o busto á mostra pode ser considerado ofensa.

China

  • Saltos altos, bolsas caras, roupas estilosas são vistas como extravagantes e desnecessárias na China.
  • Calças são permitidas e usadas pela maioria das mulheres chinesas.
  • Evite usar branco em casamentos tradicionais chineses. Esta cor é associada à morte. Já na Tailândia o preto é cor para funeral, proibido para festas, a não ser acompanhado de uma cor viva.
  • O perfume “Opium” de YSL é proibido na China

Estados Unidos

  • Um banho em trajes reveladores como o biquíni fio dental pode complicar a banhista na Califórnia e na Florida. Em algumas praias é considerado “atentado ao pudor”.
  • Na praia nudista de Miami Beach, a Haulover Beach Park (10800, Collins Avenue, Miami Beach, FL) em Norte Miami Dade, é também possível usar roupas de banho quem não for adepto ao nú. Proibido só homens excitados.
  • Em South Padre Island, no Texas a cidade é tão relax que o simples ato de usar uma gravata já é ilegal.
  • A maioria dos moradores de apartamentos em Nova York evita circular dentro de casa com os sapatos que andam nas ruas. Os calçados inclusive o dos convidados ficam no corredor do prédio. É um habito normal, portanto cuidado com meias furadas.
  • Peles naturais de animais também estão na lista das roupas proibidas por aqui. Quem se arrisca a usar pode ser alvo dos ativistas do PETA com uma borrifada de spray vermelho.

França

  • Nas piscinas públicas de Paris é proibido se banhar com shorts ou trajes de banho estilo boxer. Sungas são recomendadas.

Japão

  • Usar sapatos de plataforma para dirigir é proibido em muitas cidades no Japão, assim como usar os celulares. Nos últimos anos muitos acidentes automobilísticos com perdas de vidas humanas aconteceram porque as motoristas calçavam plataformas com mais de vinte centímetros de altura, dificultando a utilização dos pedais do automóvel.
  • Em encontros profissionais todas as cores neutras são apropriadas. Evite preto que tem conotação fúnebre e vermelho sexy demais nos negócios.
  • Capas, mantôs e gabardines são considerados “sujos” e devem ser tirados no hall de entrada de escritórios ou residências.
  • Em restaurante é comum comer no tatami, uma mesa baixa. Exige calças e saias longas e meias impecáveis, pois os sapatos são removidos na entrada.
  • Usar shorts só em resorts e o top less é proibido por lei.
  • Quimonos são usados para ficar em casa, porém cuidado para não transpassar o lado direito sobre o esquerdo. Para os japoneses mais tradicionais este é um símbolo da morte.

Oriente Médio

  • No mundo árabe, os ombros devem ser cobertos, as mangas ¾ e saias com comprimentos midi ou longos. Mesmo o vestido coquetel deve ter mangas.
  • Uma estola tem que fazer parte do figurino diário cobrindo os ombros e a cabeça ao visitar lugares sagrados.
  • Óculos escuros são fundamentais para evitar o contato visual com os homens, tabu no Oriente Médio.
  • Na Arábia Saudita o cabelo é considerado erótico. Em alguns lugares é recomendável o uso de echarpes cobrindo a cabeça.
  • Ao sentar as pernas devem ser completamente cobertas nos países árabes.
  • Em Israel evite minissaia, decotes, tops e regatas curtas ao atravessar o quarteirão religioso de Jerusalém.

Vaticano

  • Os Oficiais da Guarda Suíça, que guarnecem os costumes oficiais entre Roma e a Cidade do Vaticano, podem barrar turistas e as pessoas do público vestidas com o que eles consideram “roupas inadequadas”, que significa homens vestindo bermudas e mulheres com os joelhos a mostra ou ombros descobertos.
  • Se o calor exigir roupas mais decotadas, encare uma echarpe ou estola para cobrir os ombros.
  • Anteriormente estas regras eram apenas exigidas para visitas a Basílica de São Pedro. Atualmente a proibição de roupas que exponham o corpo está sendo estendida por todo o minúsculo estado murado.

Nápoles

  • Quem andar de roupa curta e camisa aberta nas ruas, pode levar multa equivalente a mais de R$ 1.000,00.
  • A medida foi criada porque o prefeito de Nápoles resolveu baixar uma ordem de boas maneiras na cidade, onde a temperatura passa dos 30° C.

Rio de Janeiro

  • É proibido o “top less” nas praias cariocas com o perigo da banhista incauta ser fichada por “desacato a moral”. Em compensação, mostrar o bumbum (proibido em muitos lugares) é liberado nos minúsculos fios dental da moda brasileira.
  • O homem que visitar o Rio de Janeiro pode levar muitas bermudas.

As bermudas estão liberadas para a maioria dos lugares do Rio.

O prefeito Eduardo Paes inclusive autorizou o uso de bermudas e calças na altura do joelho para varias categorias de servidores municipais.

  • Para as mulheres uma saída de praia é fundamental. As cariocas jamais saem da praia portando só o biquíni. Se você cruzar nas ruas com alguém vestindo roupa de banho pode apostar que é turista.

proibido2

Afeganistão

Onde tudo é proibido

  • A vestimenta legal e obrigatória para as mulheres afegãs é a burca, que as cobre da cabeça aos pés.
  • Toda roupa ocidental é proibida e qualquer maquiagem é banida do país, bem como esmaltes de unha. Algumas mulheres tiveram os dedos cortados por usarem esmalte, de acordo com a World Prout Assembly.
  • Joias também são proibidas no Afeganistão.
  • Elas também não podem fazer as sobrancelhas ou cortar o cabelo curto.
  • Usar perfume também é proibido.
  • Todas as roupas coloridas são proibidas assim como qualquer item de vestuário que seja considerado da moda. De acordo com o Talibã, essas roupas são consideradas sensuais.
  • Com pernas folgadas ou soltas, as calças são proibidas, até mesmo por baixo das burcas e as mulheres devem estar vestidas até os tornozelos e se resguardarem em todas as situações em público.
  • Meias e sapatos brancos são proibidos. A bandeira afegã contém essa cor e calçar esses itens brancos significaria andar em cima dela.
  • Além disso, as mulheres não podem usar meia-calça ou salto alto, já que é contra a lei um homem ouvir uma mulher andando.