Poder da Renda

Nada tem mais a cara de festa do que a renda

p71
É transparente, de aspecto nobre, sexy e fácil de usar.

Lembra vintage (roupas antigas) e dá um toque de luxo em qualquer visual.
Acessível para qualquer situação e renda, pode ser escolhida para um vestido social, valorizar uma peça de roupa básica ou em detalhes e encaixes.

Rendas pessoais

untitled 2untitled5890cfa2cda15606c7257c9d7ef9266c

No início restritas para os mantos do clero e da realeza, as rendas, a partir do século dezessete começaram a ter uma aplicação mais ampla, na forma de adornos de cabeça, babados e enfeites de vestidos.
A tecnologia, do final do século dezenove desenvolveu a renda feita à máquina popularizando o material para todas as camadas sociais.
Hoje a Suíça, além dos relógios e chocolates, tem a renda como produto de primeira linha fornecendo matéria prima para grandes nomes da costura como Christian Lacroix, Yves Saint Laurent, Pierre Balmain, Chanel, Versace, Valentino, Fendi, Chloè e John Galliano, entre outros.

Renda-se ao poder

MODA-F~1

• A renda é um material nobre e não precisa de grandes modelagens, mas dependendo da qualidade do material é inteligente investir em peças duradouras e que possam servir para o dia e para a noite.
• A renda também se presta a reformas. Que tal dar uma cara nova para o vestido de festa, debut ou casamento que está estocado no armário?

Vivendo de rendas

imagesCAI20N9Hdentelle metier

A renda perdeu a pose e deixou de vestir só momentos importantes. A textura trabalhada pode ser usada na luz do dia e o que era caro acabou sensato com a entrada de rendas de microfibra, viscose, nylon e até com elastano, se ajustando ao corpo e ao bolso, além de mais resistentes.

Como usar de dia

chantilly-lace1

• Sobreposições espertas. Use rendas sobre forro de tecidos coloridos, contrastando cores ou destacando a renda . Exemplo: Uma blusa de renda transparente com um top do verão colorido embaixo, ou vestido com o forro colorido.
• Use com jeans.
• Use rendas coloridas: turquesa, esmeralda, laranja, pink, com combinações neutras de inverno ou verão.
• Saias tipo anágua em renda usadas com malhas de tricô, twin-set, paletós de lã ou casacos 7/8
• Use com peças em couro ou lã. O contraste do delicado com tramas mais compactas é muito moderno.
• Evite no trabalho ou em ambientes onde a transparência do material é desnecessária.

Como usar de noite

renda-gupir-vestido

• Transparentes sobre sutiãs importantes ou cor da pele.
• Em forma de túnicas (anos 70), ou camisas.
• Misturadas a peças brilhantes ou estampadas.
• Renda negra sobre forros “nude” (cor da pele) ou tecidos metalizados (ouro ou prata) em vestidos ou calças.
• Em vestidos ou saias fluidas lembrando os anos 30.
• Nos acessórios.

Tipos de Rendas

2c5c598ee1ce9685ddc7685bf6a47310

Chantilly

chantilyvestido-renda-chantilly

É a renda mais tradicional e leve.

Não tem relevo.

As de seda são mais pesadas e têm mais brilho, as de algodão são mais maleáveis.

Guipure

guipirerenda-gupir-vestido

É a renda mais pesada e nobre.

Os desenhos são unidos e se repetem.

Tem relevo que se assemelha a um bordado. Na alta costura, a renda guipure é costurada à mão.

Soutache

IMG_2753vestido de noiva renda soutache

Fios de soutache, originalmente usados em fardas militares, se sobrepõem ao desenho da renda, em pé ou deitado, costurado sobre rendas do tipo Chantilly ou algodão.

Tem relevo destacado.

Quanto mais delicado o fio soutache, mais sofisticado é o material.

Richelieu

toalha_richelieu2richelieu

Renda bordada e recortada formando desenhos vazados.

Surgiu no século dezessete, obra do cardeal Richelieu, que surpreendeu a corte francesa com as golas e punhos enriquecidos com o bordado.

Inicialmente só usados em roupas masculinas, logo se renderam ao corpo feminino e para a decoração de casa.

Mariscot

imagesCAU4G98Fallure-bridals-wedding-dresses-spring-2014-cap-sleeve-mermaid-gown-style-2715-back-scalloped-lace

Renda delicada tecida em seda ou algodão.

Tem desenhos repetidos e se presta para sutaches e bordados.

Valenciennes

9eda15266227d513e88854bbae737858Outras-fotos62

Em português, valenciana.

É um tipo muito fino de renda de bilro caracterizada por um fundo delicado com formato de losangos. Ganhou o nome da cidade onde se originou.

Renda de tule

49820496~4982-0496-tecido-tule_zzuhair-murad-fall-201311

Pequenos buquês ou motivos geométricos soltos sobre o tule preservam a delicadeza e transparência do tecido.

 Filet

OgAAAAc3qwQczzxGcFHLuMHw5tjTer9PMI-c-DBbcmZXkHFRX2RJ8AFgYOIctUeIKOc-goy8KX55oOC-usGqSfKKmD4Am1T1ULkWkUtxrafLcOadq7PLPWpmjvrh6591e34ddaaabb57823b60faec3c3718

Renda artesanal com pontos quadrados, frequentemente preenchidos com linhas coloridas com muita leveza e transparência.