Nem tudo na moda é novo

Tudo na moda precisa ser novo.

Da modelagem as matérias primas

Menos o jeans

Em todo o mundo da moda existe um fascínio pelos velhos quando o assunto é blue-jeans.

Rasgado, desbotado, lixado, desfiado, manchado, ralado, o jeans não pára de envelhecer.

As propostas deixam claro que existe um investimento das lavanderias industriais em novas pesquisas para deixar o denim mais confortável, moderno, exclusivo e com cara de velho.

Para este efeito desgastado foram criadas técnicas “envelhecedoras” como o “Dirty Bunch” (jeans de cor forte e escura), “Holster Gang” (tratamentos de choque e estiramentos para um tecido com aparência diferente), “Transiberian X” (jeans mais espesso), “Silk Road” (tratamento especial para um denim bem macio e aveludado), “Bala Lycra” (fortes estiramentos tornam o tecido leve e macio), “Black Jack” (lavagem bem escura) e o “Bullit Bandits” (lavagem com pedras em áreas específicas).

Desgastados e desfiados, com texturas diferenciadas, os jeans básicos para o verão 2018 mostram um revival “James Dean”, bem anos 1950 ou a influencia das décadas de 1970 e 1980 como o glam rock.

Ouro azul

rasgos

Porém, este ar de museu nos jeans encarece o produto por exigir um trabalho artesanal e procedimentos especializados com tecnologia importada.

Apesar da cara de “segunda mão”, o jeans nosso de cada dia acaba virando um luxo soberbo.

Coisa de rico.

O que cria interesse nas grifes de luxo, habituadas a vender produtos exclusivos.

Marcas como D&G, Gucci, YSL e até a Prada investem muitos milhões de dólares neste segmento. A velha calça jeans virou objeto de desejo.

Jeans 2018

Calças

As calças apresentam aspectos envelhecidos, cerzidos irregulares, rasgos, bordados, escritos do lado de dentro, recortes, rebites em cores e formas variadas, lavagem contrastante, passantes na diagonal, deslocados ou camuflado, tachas e ilhoses, efeito de retalhos arrancados, cós de sarja militar, aplicação com ponto de alinhavado, cortes entre as pernas, jatos de areia e lixados

As mais tradicionais têm aplicação de tachas e ilhoses, mini-cinto com regulador, bordados à máquina, brilho, barras viradas, abotoamento nas laterais das pernas, no meio da perna e na barra, rendas nas barras, desfiado nos bolsos, detalhes em camurça ou pele de animal ou costuras rústicas.

Calças mais curtas com joelheiras, detalhes de abotoamento com transpasse, detalhes de barra virada e costurada novamente, pences, barra arredondada, punho, costura zig-zag, passante sobreposto à lapela, tecidos contrastantes, recortes assimétricos, bolso fole, recortes laterais, bolsos rasgados, bordados ou com rendas.

Shorts e Bermudas

Shorts e bermudas com sobreposição de bolsos, franzidos no cós, passantes longos, barras viradas ou com lapela abotoada, amarração lateral, modelagem masculina, lavagens agressivas, recortes na parte interna, contrastes de rendas e de lavagens.

Jaquetas

jaquetajeans-hominha

Escolha o modelo melhor para você

Clássica

classica-v

 De shape larguinho, não grande demais, a jaqueta jeans clássica é a única que ficará no seu guarda-roupa a vida toda por ser atemporal.

Oversized

overv

Os modelos oversized, porém “limpos” (sem lavagens e rasgados) têm a mesma função do shape clássico para as mais modernas.

Saias

Saias abotoadas, estilo tulipa, com babados, patchwork, tachas nas lapelas, bolsos franzidos ou sobrepostos, tachas, rendas na barra, pregas, desfiados, flores bordadas e sianinhas.

Customização

patchs

Muita personalização nos jeans mostrados nas passarelas para o verão 2017.

A customização e a individualização serão as palavras de ordem no segmento jeanswear.

Já existem lojas na Europa, como a Selfridges e a Bon Marché, que confeccionam calças jeans de acordo com as medidas e o estilo dos clientes e ainda as entregam em casa.

Em qualquer lugar do mundo!

Luxo puro.