Jovem dos 17 aos 70

Vogue Age Issue

$_35vogue issue

christy-turlington-vogue-august-2009-cover

A revista “Vogue” americana, bíblia da moda, dedica todo ano um número da revista para as mulheres maduras.

A “Age issue” fotografa celebridades dos 17 aos 70 anos, mostrando que não existem barreiras da moda contra a idade, especialmente quando existe bom senso.

A sugestão da revista ter edições “maduras” foi da famosa escritora Judith Krantz, 73 anos na época e que escreveu para a editora da revista, Anna Wintour, para reclamar que não se identificava e nem conseguia vestir nenhuma das roupas que apareciam nos editoriais, mesmo sendo magra e rica.

A própria editora com mais de cinquenta anos, já andava ouvindo os conselhos da filha de treze anos para renovar o guarda roupa, que na opção de não querer “parecer moderna demais” apelava para os clássicos.

Baseada nesta realidade a revista saiu na frente e deu um passo em direção a este segmento importante do mercado consumidor.

Afinal, mulheres maduras, especialmente as que trabalham, sustentam boa parte do mercado de moda de alto luxo e as descobertas no campo de estética e medicina permitem saúde, beleza e clientes para a moda por mais tempo.

Jovem em qualquer idade

Pretty blonde mature fashion woman in black

Ficar velho é um processo natural, mas aparentar jovialidade só depende de cada pessoa.

Já existem muitos recursos e cuidados para controlar o envelhecimento, mas a verdadeira juventude está na cabeça e como reflexo, no estilo que impomos no guarda roupa.

Para parecer sempre jovial, sem importar a idade, é fundamental copiar os jovens. Não nas roupas e sim no conceito.

A moda atual entre a moçada é completamente desglamourizada e confortável.

Mixar estilos de uma maneira surpreendente rejuvenesce  mais que tentar a caretice de combinar “brincos iguais ao colar”.

É impossível reverter os anos biológicos, mas com um figurino esperto, dá para parecer e se sentir mais jovem, em um momento histórico em que o status de permanecer jovem é mais importante que o de ser rico.

Fonte da juventude

opener

Não existe moda específica para as mulheres de meia-idade.

Em todas as estações existem itens ou cores que podem diminuir ou aumentar visualmente a aparência dos anos de vida.

  • Esteja ligada a novos estilos e idéias. Não adianta usar a calça da moda com um sapato antiquado. Usar a moda requer mais atitude que figurino.
  • Atualize o guarda roupa com peças modernas, mas de excelente qualidade.
  • Tente adaptar a moda a conceitos elegantes. Se a tendência da estação está entre o pink e o camelo, opte pelo segundo e enfeite com o pink. Exagerar nas tendências e cores ao invés de rejuvenescer, acaba destacando a idade.
  • Jogue com os volumes e estruturas, mas vá devagar com estampas ou coloridos. Qualquer idade fica bem vestida em uma roupa arrojada em cor escura ou neutra, mesmo com volumes ou modelagens inusitadas. A cor, decotes e estampados já exigem mais cuidados.
  • Expanda os horizontes de compras. Muitas lojas jovens tem peças básicas com muita bossa, acessível a qualquer corpo e idade. Usar uma grife atualizada é um sinal de identificação contemporânea.
  • Prove novas propostas. Evite o preconceito com o novo. Virar as costas para novos conceitos é como ignorar o progresso do mundo. Mas não tente ser o out door da modernidade, especialmente na maturidade.
  • Compre e use pelo menos um item da moda a cada estação.
  • Não exagere no estilo. Ouse em um ou dois conceitos. Escolha entre acessórios modernos, cor atual, modelagem arrojada em cores apagadas, saia ou decote mais ousado. Tudo junto nem pensar. O que veste bem em quem tem quinze pode parecer vulgar para quem está na idade madura.
  • Quem veste acima do 48, pode comprar peças básicas em lojas que trabalham com tamanhos maiores, incrementando com acessórios joviais.