Inverno Folgado

Nunca a moda esteve tão acessível a mulheres graúdas

O extralarge é a trend mais do que confirmada na temporada internacional de inverno (nos desfiles e nas ruas)

Oversized Inverno 2017

Os lançamentos de inverno estão folgados no corpo proporcionando, depois de muitas estações ajustadas, que as mulheres que vestem acima de 46 possam também comprar em lojas que trabalham com moda.

Basta ter uma calça justa nas pernas em jeans ou um confortável legging para poder escolher entre as modernas modelagens descoladas do corpo propostas para a estação.

Tanto pode ser um maxipull, uma blusa quadrada, um vestido amplo, cortes trapézio ou blusas amplas e molengas em viscose com lycra.

Se o volume da consumidora se localiza nos quadris, não se reprima.

Com as novas saias amplas, saias quadradas, vestidos de cintura alta ou quadrados, caftans e calças amplas (clochard), seus problemas acabaram.

E também para as que estão com peso a mais em todo o corpo, depois de muitas temporadas poderão consumir em lojas de grifes.

De A a Z todas as coleções de moda descolaram a maioria dos cortes da silhueta do corpo. 

Propostas amplas

vintage-comme-des-garcons-1987-80s-1980syohji-yamamoto1_1362167i_1255343030

A última década que promoveu roupas tão folgadas foi a de 1980.

Os estilistas japoneses chegaram ao ocidente com propostas largas ao corpo e formas geométricas que só poderiam ser valorizadas quando vestidas. Algumas roupas precisavam de bula para ser montadas, mas o resultado era notável.

Um pouco antes de estas formas orientais seduzir o planeta, lá pelo meio dos anos 1970, vestidos chamados de “robe housse” tiveram um inverno de sucesso.

Eram geralmente retos de cintura alta ou quadrados.

Parece que esta foi à primeira manifestação de uso de vestidos volumosos em corpos magros.

Balenciaga já havia desenhado roupas amplas, mas mesmo espaçosas, a modelagem era contida e só vestiam o tamanho determinado.

Esta abordagem de volume na moda atual é feita de peças sem formato anatômico que se moldam no corpo em uma nova sensualidade que não mostra, mas define.

A maioria das roupas agigantadas é feita com matéria prima fluida e modeladora. A magrinha não vai parecer gorda com esta tendência de moda e a mulher graúda não vai lembrar uma barraca porque embora larga, a modelagem e o tecidos foram pensados para eliminar os contornos, mas jamais engordar.

Outra alternativa desta moda folgada é assaltar o guarda roupa dos homens.

A moda masculina permanece “sharp” (justa) e os paletós, camisas, tricô, bermudas, calças e até o smoking vestem com a forma atual o corpo das mulheres. 

Quero ser grande

Oversized-Coats-For-Fall-Winter-2015-2016-15-600x900

Além das roupas, os acessórios tomaram fermento.

Tudo se agigantou.

Bolsas, plataformas, saltos, cintos, colares e brincos.

A imagem deste inverno lembra o de uma garotinha brincando com os vestidos e acessórios da mãe. A silhueta se mostra frágil, disfarçando uma mulher que neste século domina o que quer.

Mas cuidado para não parecer personagem do filme “Terra dos gigantes”.

Se usar um vestido amplo diminua a bolsa e acessórios, mas se o look é sequinho, uma bolsa gigante ou uma plataforma arranha-céu atualizam o visual.

Inclua o Oversized nas suas produções do dia a dia

trend-oversized_0 trend-oversized_2trend-oversized_5 trend-oversized_6 trend-oversized_7 trend-oversized_1