Futuro dos tecidos inteligentes

Nossas roupas estão prestes a mudar com os tecidos inteligentes

Em breve elas vão funcionar como os celulares modernos. Útil para tudo

cutecircuit-k-dress_dezeen_01

High tech chique

As roupas tem sido usadas por milênios para nos cobrir, nos proteger contra os elementos ambientais e principalmente transmitir o nosso senso de estilo.

Mas, as peças de vestuário como a conhecemos estão prestes a mudar devido as novas tecnologias dos tecidos inteligentes que estão abrindo o caminho para uma nova revolução na moda.

São tecidos desenvolvidos com novas tecnologias que criam as mais diferentes funcionalidades para nossas roupas.

124352u2-jacket

Parece ficção, mas já é realidade.

Alguns laboratórios do planeta projetam roupas não só para embelezar ou deixar moderno quem as veste, mas para que também sirvam de proteção ao meio ambiente.

Dispositivos multifuncionais

images

O que existe de revolucionário nos tecidos inteligentes é que eles têm a capacidade de fazer muitas coisas que os tecidos tradicionais não conseguem, incluindo se comunicar, mudar de cor e estampa, captar energia e até mesmo crescer.

Os tecidos inteligentes e a tecnologia vestível (wearable) caminham lado a lado, e a aposta das empresas e dos cientistas é de que as roupas são as melhores vitrines da tecnologia wearable pois são a principal forma de expressão individual do usuário.

Algumas empresas e estilistas notáveis  entraram na onda dos tecidos inteligente e estão fazendo coisas surpreendentes e inovadoras

Os exemplos estéticos incluem tudo, desde tecidos que acendem para tecidos que podem mudar de cor.

Apesar de parecerem figurinos de filmes futuristas, a lista abaixo deverá estar acessível a muitos consumidores em poucos anos

eiza-gonzales-cutecircuit-pink

  • Jaquetas, blusas e coletes blindadas a prova de balas já são confeccionadas de acordo com as especificações técnicas do Exército Brasileiro por preços em torno de R$3.000,00 com tecnologia vinda de Israel. Estas peças conseguem suportar tiros de pistola de até 9 milímetros com tecidos cores e tamanho de acordo com o consumidor. Cada peça leva o registro do proprietário – pessoal e intransferível, como um porte de arma.
  • Tecido que combate a celulite (já patenteado). Consiste em tramas montadas com minúsculas cápsulas carregando acetato de teofilina (THA) que promete acabar com a celulite ao ser liberada com o suor da pele.
  • Novos tratamentos nas fibras permitem roupas auto limpantes, tecidos que administram medicamentos para o corpo na hora determinada ou vestuário com protetor na textura que protege do sol e do frio com a mesma roupa.

cutecircuit-ballantine-tshirt-os-1

  • Os pesquisadores do Starlab, na Bélgica estão desenvolvendo desde 1999 roupas feitas em camadas, cada uma com uma função específica como monitorar as funções vitais e batimentos cardíacos, avisar dos compromissos diários e bolsos especiais para telefone celular, documentos importantes, chaves e dinheiro que avisam, acionando um chip, se o dono esqueceu de algum destes objetos na hora de sair de casa. Neste mesmo laboratório estão sendo testados roupas de ginástica que trocam a música do walkman de acordo com o ritmo do exercício.
  • Roupas com odor. O olfato é cada vez mais pesquisado. Cheiros conseguem criar emoções, melhorar a autoconfiança, ativar a memória, liberar tentações e até influenciar no organismo. Roupas com cheiro poderão liberar o odor que a hora exige. Se o encontro é de namoro, exala cheiro de sedução, em encontros profissionais a roupa libera aromas específicos.
  • Um Instituto de Pesquisa na Austrália testa um sutiã inteligente que através de um chip instalado entre as costuras detecta os movimentos do corpo, tornando o sutiã mais rígido para acompanhar exercícios bruscos como em um jogo ou corrida.

cutecircuit-pilot-suit-detail

  • Tecidos estão sendo desenvolvidos para captar energia solar ou cinética (movimento do corpo). E há os tecidos inteligentes de alto desempenho usados na moda esportiva e fitness e também na indústria militar e até tecidos que ajudam a regular a temperatura corporal, monitorar os batimentos cardíacos, pressão arterial e controle muscular, todos os quais ajudam a melhorar o desempenho atlético.
  • A marca de moda tecnológica CuteCircuit, com sede em Londres cria roupas inteligentes luminosas feitas de LEDs onde a usuária pode controlar e mudar as estampas criadas pelos LEDs através do smartphone. A CuteCircuit apresenta suas coleções na Semana de Moda de Nova York e faz parcerias com celebridades da música pop e em anúncios publicitários de grandes marcas.
  • Há até mesmo uma empresa chamada BioCouture que está focada em criar materiais biológicos vivos para a moda casual, sportswear e marcas de luxo. Em essência, eles estão literalmente crescendo roupas a partir de microrganismos como celulose, fungos e algas.
  • Novas texturas estão sendo desenvolvidos para  proteger contra riscos ambientais extremos, como a radiação e os efeitos das viagens espaciais.
  • A indústria de saúde e beleza também está aproveitando essas inovações, que vão desde têxteis médicos que fazem liberação de drogas, a tela com hidratante, perfume, e as propriedades anti-envelhecimento.
  • A Grado Zero Espace é uma empresa italiana que está fazendo coisas incríveis com a tecnologia têxtil e design de produto. O estilista Ying Gao está criando roupas que combinam design urbano, arquitetura e multimídia, e usa tecnologias sensoriais para fazer roupas mais interativas

A model walks the runway at the CuteCircuit Fall 2014 fashion show during Mercedes Benz Fashion Week at The Hub at The Hudson Hotel on February 12, 2014 in New York City.