Assalto ao armário

O sexo frágil adora as roupas masculinas

Se apodere do guarda roupa masculino.

As principais marcas de moda investiram pesado na tendência Genderless.

E você pode reproduzir o look sequestrando as roupas da pai, namorado, marido ou ficante.

A moda a partir deste inverno assume um caráter masculino.

01-unisex

02-unisex

A badalada tendência Genderless promete derrubar os conceitos da roupa que é para homem e o que é de mulher.

O movimento genderless, que significa não possuir identidade de gênero, começa a escrever um novo capítulo na história da moda.

Grifes como Burberry, Tom Ford e a Gucci anunciaram que não vão mais apresentar um desfile feminino e outro masculino.

As mulheres decidiram optar pelo sisudo figurino masculino, mesmo com tantas opções criativas destinadas para elas, no princípio do século XX

Na Belle Époque cheia de babadinhos românticos, novos hábitos exigiram um figurino com traços mais masculinos.

As mulheres da época andavam de carro ou transporte público e precisavam praticidade.

Peças separadas resolveram o problema. O primeiro tailleur era composto de saia longa e casaco.

As cores escuras que já eram utilizadas pelos homens também começaram a fazer parte do vestuário feminino, como sinal de elegância e discrição.

As sufragistas -mulheres que lutavam pelo direito ao voto, usavam gravatas com camisas como os homens simbolizando ideais da emancipação feminina.

Na década de 1920 estampas e tecidos masculinos como tweed, e peças como suéter de tricô e pantalonas caíram no gosto feminino incentivado por Chanel.

marlene-1wixis3wssp5j8n6xverz6ut9o1_400

9f7db280fcadfadf9e5ee8bac4f5282fdcea44cccbabb49ff8a55d8c0e3b1c56

Porém, foi somente nos anos 1930 que as calças se popularizaram entre as mulheres.

Marlene Dietrich e Greta Garbo, divas do cinema divulgaram o uso das calças, super usadas em suas vidas privadas.

Nos anos 1950 o rock’n’roll difundiu itens como a calça jeans, tênis e camiseta para o uso entre homens e mulheres.

Durante os anos 1960 a moda proporcionou para as mulheres o conforto de outros ícones do figurino masculino e até o smoking entrou na dança.

Em 1967 Yves Sant Laurent lançou uma versão feminina do smoking e os trajes unissex que vestiam homens e mulheres com o mesmo estilo.

Durante as décadas de 1970 e nos 1980 o estilo masculino ficou poderoso no universo das mulheres na disputa por melhor reconhecimento no mercado de trabalho.

Foi à época do tailleur com saia curta e grandes ombreiras e da maior aproximação do estilo de vestir dos executivos de ambos os sexos.

O melhor amigo de uma mulher

Genderless-Dresstyle2015

Com o predomínio de uma moda mais ampla e cheia de recursos de alfaiataria para as mulheres pode-se afirmar que o melhor amigo de uma garota atualmente é o armário masculino.

As roupas masculinas são sempre mais duráveis, macias (homem detesta tecido que “espinhe”), confortáveis e o tamanho das modelagens lembra muito tudo o que está sendo mostrado nas passarelas (look genderless) como a grande novidade para as próximas estações.

Faz um bom tempo que as mulheres buscam as roupas masculinas quando pretendem um visual mais despojado.

O terninho – a roupa mais comum em qualquer lugar de trabalho, foi inspirado nos trajes masculinos e recebe novas leituras a cada estação, sempre no estilo alfaiataria, imitando ternos masculinos no corte das calças e do paletó.

Com a moda atual tudo o que contém um guarda roupa masculino está liberado para as mulheres, até o tamanho geralmente desproporcional.

Adaptar e brilhar

 

Como adaptar os paletós masculinos

00130m

  • Funcionam como uma japona. Use um cinto para ajustar.
  • Dobre as mangas e deixe aparecer o forro acetinado.

Como adaptar os mantôs masculinos

  • Especialmente os 7/8 transformam o look de qualquer produção. É sempre moderno usar casacos amplos em cima de peças mais leves, transparentes ou justas.

Como adaptar as calças masculinas

genderless-2

  • Como homens têm mais cintura que as mulheres, as calças se acomodam naturalmente nos quadris franzindo na cintura estilo “clochard”.
  • A moda masculina justa (slim) veste ainda melhor a silhueta feminina.

Como adaptar as camisas masculinas

  • Use com camiseta por baixo, fora do cós das calças ou saia longa , deixando a fralda da camiseta espiar por baixo da camisa.
  • Use como “over”, sobrepondo roupas justas. Use com cinto ajustando.
  • Perfeitas embaixo de paletós. Se o colarinho é muito grande, arremate com echarpe. Quanto menor o tamanho da camisa melhor o efeito.

Como adaptar as malhas masculinas

  • Malhas com decote em “V” ou redondo combinam com camisetas básicas ou regatas por baixo, legging ou calça skinny.
  • Use com camisas com a fralda para fora da malha. Acinture com cinto.
  • Lance mão dos cardigans, blusas leves e coletes de malha sem mangas (use sobre o corpo ou com camiseta de manga curta por baixo do paletó.)
  • Use com leggings ou meias calças.