A Roupa Preta Emagrece?

A roupa preta não emagrece, apenas dá a sensação de que a pessoa é menor, porque não interage tanto com o ambiente, como as cores claras, por exemplo

preto-3

Na verdade, é meio que uma ilusão de ótica, assim como uma calça com listras verticais faz parecer que as pernas são mais longas, enquanto que as com listras horizontais causam efeito diverso.

preto-2

A roupa preta apenas nos dá a impressão de que a pessoa é mais magra porque ela não se destaca tanto no ambiente como uma roupa branca ou uma colorida. O preto ajuda a criar uma ilusão de ótica que nos dá a essa sensação.

Quando a luz bate num objeto, parte dele fica iluminado e parte em sombra difusa.

Por absorver luz e não refletir, acaba por disfarçar algumas gordurinhas extras, mas não emagrece, só dá a ilusão de não estar tão cheinha

A verdade é que qualquer roupa de uma cor só dá a sensação de mais magra

preto-1

Quando você quer dar aquela afinada na silhueta, a primeira opção de roupa é, com certeza, a preta.

Apesar de a cor preta ter ficado conhecida como a que mais emagrece, o que funciona, na verdade, é usar uma única cor da cabeça aos pés.

Qualquer look com uma cor só vai emagrecer porque não cria nenhuma quebra horizontal no corpo e, por isso, vai  deixar a figura mais longilínea

A cor preta é a mais escura que existe, ou seja, é a que mais dará resultado na ilusão de diminuir a silhueta.

preto-4

Mas, assim como ela também existem outras que são tão elegantes e versáteis para disfarçar volume extra como o cinza chumbo, roxo escuro, azul-marinho, verde escuro, marrom café, azul petróleo.

Escolha uma dessas cores e vá de look monocromático.

Já dizia Christian Dior: “Você pode usar o preto a qualquer hora. Você pode usar com qualquer idade. Você pode usar em todas as ocasiões”.

preto-6

Um clássico da moda, a cor combina com absolutamente tudo, além de funcionar bem em qualquer evento

preto-5

O preto mais preto do mundo

Depois do anúncio, em 2011, de que a NASA havia conseguido criar um material mais escuro que o preto e de sua patenteação em 2014 – o famoso Vantablack –, começou a corrida para transformar a novidade científica em algo para o dia a dia.

Agora, a marca alemã Phoebe Heess divulgou um tecido que parece ser a versão civil da invenção.

 

 

 

 

Camiseta de Viperblack (Foto: Reprodução)

Batizado Viperblack – porque foi inspirado em uma cobra de escamas negras –, o tecido de algodão reflete 40% menos luz que o preto normal e é seguro para o uso humano, diferente da invenção original, que pode ser cancerígena em contato com a pele e é destinada a equipamentos científicos.

Comparação entre o preto e o Viperblack (Foto: Reprodução)

A ideia que levou à busca pelo novo produto surgiu quando Phoebe Heess e Gabriel Platt, os fundadores da etiqueta, encontraram um meme de Vandinha Addams (da Familia Addams), em que, em inglês, ela diz “eu deixarei de usar preto quando inventarem uma cor mais escura”.

A camiseta (Foto: Reprodução)