Visual Balada

 Vestida para qualquer balada

Baila Comigo

Para causar legal na balada é fundamental escolher uma roupa adequada ao tipo de corpo, tipo de balada e personalidade de quem veste

É preciso sempre escolher algo especial, não as roupas do dia-a-dia, e se ligar nos acessórios como cintos, pulseiras, colares, bolsas com cara de festa e a preferência para o salto alto que deixa qualquer mulher sedutora.

Abalando na balada

look1baladamaisde30looks-de-balada

Use

  • Roupas mais ajustada ao corpo, mesmo quem está fora de forma.
  • Roupas escuras são mais sexy. Use preto, marinho, marrom, cinza e tons neutros como cru, branco ou gelo.
  • Cores fortes também combinam com o clima dance. Só não exagere no tom e nem nos contrastes. Nem todo o hetero sabe o que significa “Color Blocking” e pode confundir um visual muito colorido com figurino do Cirque de Soleil
  • Ouse com tecidos fluidos e transparentes, veladas com sobreposição do mesmo tecido, com rendas ou materiais opacos.

  • Abale com peças bordadas com desenhos florais, geométricos ou escamados de paetês. A noite todos os brilhos são permitidos, mas devagar com a lantejoula para não aparecer mais que destaque de escola de samba.
  • Adote calças compridas justas em tecidos preciosos ou bordados coordenados com blazer ou túnica substituindo os surrados vestidos embalados a vácuo.

  • Decotes são obrigatórios: ombro a ombro, degagê, tomara que caia, costas nuas, alças fininhas ou estilo combinação.

  • Macacões colantes com grandes decotes.
  • Paletós ou smoking justinhos em tecidos brilhantes ou acetinados e decotes, usados com vestidos, saias, shorts ou calças.
  • Comprimentos do curto ao longo.
  • Pretinho eterno ou com detalhes coloridos.
  • Cores claras (tons aquarelados de rosa e azul), metálicas (cinza, prata e gelo) e os tons fortes (turquesa, pink, laranja, vermelho)
  • Flores bordadas ou em tecido.
  • Estampas florais miúdas e espaçadas em tecidos leves.

  • High low: tecidos de festa (seda, musselina, shantung, malha, jérsei, veludo, crepe, microfibra, zibeline, tafetá, renda, tule, cetim e tecidos com brilhos ou bordados), misturados com jeans gastos e rasgados.
  • Cabelos presos com naturalidade, estilo clássico ou tipo “feito em casa” (como os dos red carpets) . Cabelo preso sempre cria imagem festiva.