MODA NAVY

Boa parte dos estilistas do planeta aportaram em suas passarelas um toque marinheiro.

Era natural que depois da aceitação popular do estilo militar a moda se voltasse a outros uniformes.

Marinheiros de primeira viagem

A moda “navy”, ao contrário da militar, carrega muito estilo na bagagem.

Qualquer mulher, em qualquer idade ou peso se mostra chique com referencias dos uniformes navais no blazer, blusa, vestidos ou nas calças, efeito que nem sempre a moda militar consegue comunicar.

breton-shirt

Foi Chanel quem popularizou a moda “navy”.

A apropriação do estilo dos marujos iniciou com o uso de calças pelas mulheres.

Esta inovação foi aceita pela sociedade da época de forma gradual. Chanel fez muito para acelerar essa mudança, sendo inclusive muitas vezes fotografada usando calças estilo marinheiro, conhecidas como “pantalonas de iate”.

E durante os anos Vinte, no auge da depressão econômica, a costureira simplificou as roupas e adotou a malha de tricô breton, típica dos marinheiros para vestir as clientes endinheiradas da Maison.

Recriou para as mulheres as calças de marinheiro com boca de sino (enorme sucesso nas décadas de 1930 e 1970), os enfeites com sutache e detalhes navais. Também vestiu as mulheres de blazer e camiseta listrada, aplicou botões metálicos nos casacos e fez da gola de marinheiro um detalhe para vestidos e tailleurs.

Assim como outras grandes idéias de Chanel, a moda Navy sobreviveu a todas as ondas e marolas se mantendo como uma boa escolha em qualquer guarda roupa.

Porém na atual moda “navy” existe uma intenção de sensualidade neste estilo de uniforme.

Em matéria de personagens, a tendência atual tem mais a ver com “Querelle” (o filme de Fassbinder dos anos 1970 que serviu de inspiração para muitos estilistas) do que com Popeye.

O estilista francês Jean Paul Gaultier sempre propôs roupas com este espírito marítimo.

Chega a usar a camiseta listrada breton, bem típica de marinheiro, como marca pessoal e imagem da sua grife.

Porto Seguro

Listras-Breton-19

Formas assimétricas, listras, shorts, minissaias, alamares, blazers, calças largas, fileiras de botões metalizados e o uso do marinho e branco em muitas facetas refrescam o “navy look” no proximo verão.

As listras surgem em mil versões, direções e cores agregadas como o dourado, bronze, turquesa, verde e amarelo cítrico que completam a combinação vermelho-marinho-branco tradicional.

Mas para que o estilo náutico não afunde, é sempre seguro nadar aonde dá pé.

Existem muitas versões para o “navy”.  O que é clássico navega em qualquer mar. Modelagens mais extravagantes ou figurativas podem naufragar antes de chegar à praia.

Para ficar por dentro deste estilo não precisa fazer curso para marujo.

Siga as cores predominantes como o azul marinho, vermelho e branco, acompanhadas de tecidos como o jeans, brim, camisetas de algodão, macacões e blazers.

Dá Pé

·      Peças de alfaiataria

·      Shorts branco com o cós mais alto

·      Blazers, paletozinhos, calças e coletes.

·      Paletós e calças em azul marinho

·      Pantalonas marineiros com botões na abertura

·      Listras verticais

·      Acessórios e toques dourado

·      Listras bem posicionadas

·      A combinação de marinho e branco

Listras-Breton-08

Cuidado para não afundar

·      Blusa com cabeção e detalhes marinheiros evidentes

·      Enfeites infantis de ancoras e timão

·      Camiseta listrada horizontal em busto graúdo ou corpo volumoso.

·      Bonezinho de marinheiro ou outros detalhes óbvios.

Camiseta Listras Breton

f-breton

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*

%d blogueiros gostam disto: