Upcycling, o manual do consumo conciente

Ecofashion

suzy_menkes_vivienne_westwood_red_label_6634_jpeg_north_554x_whiteuntitled

A Moda Sustentável

Moda é “modo de vida” e por isto vestir espelha tanta atualidade.

simple_photo_1834imagescaow6rfy

E também reflete atitude. Por isto a preocupação atual com a sustentabilidade.

Para continuarmos vivendo do que o planeta tem a oferecer precisamos transformar substancialmente os nossos padrões de consumo.

No ritmo de hoje vamos precisar de dois planetas Terras para atender a demanda antes de chegar 2030, conforme o relatório “Estado do Mundo 2010” do Worldwatch Institute.

O planeta Terra precisa atualmente de quase 18 meses para repor o que a humanidade consome em um ano.

13714156_1769893469893624_1336324899_n6232b56044feca0fb150307785776ae4

E o vestuário é também responsável pela degradação do planeta.

A indústria têxtil está entre as quatro que mais consomem recursos naturais, de acordo com a Environmental Protection Agency, órgão americano que monitora a emissão de poluentes no mundo.

Cerca de 8 mil tipos de produtos químicos são usados para transformar matéria-prima bruta em tecidos. Muitos desses produtos provocam danos irreversíveis na humanidade e no meio ambiente.

Só para confeccionar uma camiseta de 250 gramas, na China, utiliza-se, em média, 160 gramas de agrotóxicos que são despejados em rios.

O processo de fabricação de apenas uma calça jeans consome a mesma quantidade de água que uma pessoa precisa para viver durante um ano.

A produção de couro para roupas, bolsas e sapatos está entre as que mais poluem o meio ambiente.

Isso porque, para amaciar o couro, são usadas toneladas e mais toneladas de sal, entre outros produtos. Esse sal é dissolvido em água, que vai parar no solo. Anos e anos de produção provocam o acúmulo de água salgada em regiões onde o sal não é parte do ecossistema.

Mais de 11 milhões de toneladas de poliéster (11 bilhões de quilos) são fabricados por ano.

O processo de produção deste tecido demanda um consumo de água muito pequeno, mas, por outro lado, exige uma grande quantidade de energia.

As fibras do poliéster não são biodegradáveis, mas ele é reciclável.

Upcycling fashion

7d4bbad4526ee432098b731406130d275a2f31f779b0d39902bd4a5f749049a2c7d52d935284f5d2a0231097e33f9969

Em uma tradução livre, upcycling significa valorização do ciclo.

Trata-se do reaproveitamento/reciclagem de materiais em fim de vida útil, transformando-os em algo novo.

Algumas técnicas de upcycling já estão sendo usadas na reutilização de garrafas PET para fabricação de roupas.

tumblr_lt51e3fyol1qmktmxupcycling_denim_elena_ryleeva3

Quase 100% dos tecidos existentes são recicláveis, e a indústria que faz essa reciclagem é capaz de reaproveitar mais de 90% das roupas descartadas.

Isso é feito sem gerar subprodutos nocivos ao meio ambiente.

Um upcycling bem popular é a customização de roupas: cortar aquela calça fora de moda, tingir uma camisa usada, pregar um botão diferente, e assim transformando o que não se usa mais em  roupa nova.

Os novos jeans lançados nas passarelas internacionais tem esta pegada de upcycling, já que reaproveita peças usadas para formar uma nova.

Manual do consumo consciente

7d90b4ed7c8673e5cb003492fb29a57e-225x40035b36a6df277734ba467c970c6ee4c93

O que você pode fazer para ajudar o ecossistema sem deixar de consumir as novidades da temporada:

  • Invista em qualidade, nunca em quantidade.
  • Não compre o que não precisa ou que já tem similar no armário.
  • Escolha tecidos de meia- estação, permitido praticamente para todo o ano (lã fria, malha, gabardina, algodão, sedas) tecidos inteligentes (as microfibras), fibras naturais ou mescladas com sintéticas.
  • Fuja das extravagâncias, cortes exagerados, roupas no último grito da moda ou vanguardas. Vai virar lixo rapidamente.
  • Privilegie grifes que se preocupam com a sustentabilidade do planeta.
  • Amassados. Adote tecidos que não precisa de ferro elétrico todo o tempo.
  • Adote jeans com menos desgaste ou no estilo upcycling.
  • Cores que não sujam fácil e não precisam de lavagens constantes como preto, beges, cáqui, cru, cinza, azul-marinho. No inverno inclua grafite, violeta, bordo e camelo.

 Ecochic

347a51f9a57e3caff40c337bed3d4c26eco-fashion-l-mltysr

A indústria da moda sempre empenhada em traduzir os novos tempos já dá sinal de engajamento total e algumas empresas desenvolvem produtos ecologicamente corretos.

Algodão orgânico

É cultivado sem o uso de pesticidas, fertilizantes químicos e reguladores do crescimento. Para ser 100% orgânico, no processo de tingimento devem ser usados pigmentos naturais.

Fibra de bambu

Planta de crescimento rápido, o que significa que é altamente renovável.

Se reproduz em abundância sem o uso de pesticidas e fertilizantes.

Sua fibra é naturalmente antibactericida, biodegradável e extremamente macia.

Tem característica termodinâmica, fresca no verão e mais quente no inverno.

Mas esta fibra não tem a total aprovação dos ecologistas porque se transforma em viscose que exige processos poluentes para conseguir  a fibra.

Garrafas PET

O plástico reciclado é transformado em fibras que produzem um tecido forte, mas macio. Em geral, elas são combinadas com algodão, que dá um toque ainda mais confortável.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria do PET (Abipet), 77 mil toneladas do plástico deixam de ser largadas anualmente no ambiente para virar matéria-prima de vestuário.

Juta

Com aparência semelhante a do linho, é plantada na região amazônica, sem nenhum impacto ambiental.

É preciso apenas água para o seu cultivo, sem a necessidade do uso de agrotóxicos. Além disso, é biodegradável.