Safari no armário

Os uniformes para Safári atravessaram os tempos – são usadas desde o período das colônias britânicas – para se transformar em moda

Yves Saint Laurent foi o primeiro estilista a ver elegância e beleza nestes uniformes usados em expedições pelos cenários africanos.

O estilo entrou na tesoura da alta costura pelas mãos de Yves Saint Laurent em 1968, ao lançar uma série de roupas inspiradas em safáris africanos.

Calças turcas, Saharienne (casacos safári), anourack, camisas, camisetas e malhas coordenadas em tons cáquis desde então saltaram rapidamente da passarela para o uso diário em clima de total aventura e sensualidade.

O casaco Saharienne (foto) de Yves Saint Laurent ganhou status de peça-ícone dessa tendência.

Estilistas nacionais e internacionais adaptaram este tema para suas coleções

capturar

O estilo “Safári Chique” que promete “causar” neste verão propõe peças confortáveis, funcionais, sensuais e práticas com muitos bolsos e amarrações sem deixar de lado o caráter exótico das estampas e detalhes selvagens.

E ninguém precisa estar no meio da África selvagem para incorporar o look safári.

Inspirada nos ares das savanas esta moda atemporal e neutra conquista pelo conforto, sobriedade e versatilidade, já que são curingas para o trabalho ou lazer em qualquer cidade.

Aventuras no Safári

  • Marca registrada do estilo, a cor cáqui gera elegância em qualquer peça e em qualquer tom de pele. Os tons vestem bem todas as idades e formatos de corpo.
  • Os tons de cáqui do tema Safári partem do cinza gelo, param no areia, passam pelo bege tostado e acinzentado e terminam nos beges com pigmento cinza escuro ou verde militar.
  • Usados perto do rosto, os tons mais claros favorecem as castanhas, morenas e negras e os escuros as loiras, ruivas e castanhas.
  • Os formatos da moda Safári devem favorecer. Evite bolsos militares, pregas ou aplicações em cima do que já tem volume natural.
  • Roupas desta categoria são tão casuais quanto os jeans, portanto proibidas em ambientes formais ou festas sofisticadas (a não ser transferidas para materiais preciosos como o tafetá de seda ou revestidas de paetês)
  • Misture este estilo com peças femininas e básicos ajustados. Evite compor com roupas conservadoras.
  • As roupas do estilo “Safári Chique” veste bem de dia e a noite.

Para o dia abuse dos modelos mais confortáveis e utilitários e à noite receba brilhos, decotes e estampas ousadas

  • Todas as cores predominantes na tendência têm tonalidades básicas e tons terrosos como o cáqui, areia, mel, camelo, marrom, café, bege, nude, dourado, verde militar, marinho, branco que se misturam com cores vivas como azul, roxo ou solares e luminosas como laranja e amarelo cyber.
  • As estampas animais ganham toques modernos, além de brilho e se juntam a estampas tribais, tropicais e camuflados. Típicas das savanas peles exóticas de animais como zebra, leopardo, onça, girafa e a imitação de pele de répteis viram motivos de estampa em tecidos e dão um toque étnico ao look.
  • A alfaiataria é solta e estruturada, com cortes que lembram o guarda-roupa masculino (Boyfriend), conferindo elegância mesmo no casual.
  • Bermudas, camisas e vestidos ganham bolsos utilitários super úteis.
  • Roupas estilo Safári têm tudo a ver com jeans. Tons de azul (do claro ao escuro) como os do índigo combinam perfeitamente com cáqui. 

Acessórios étnicos

As roupas com o tema Safári podem ser combinadas com acessórios que seguem a mesma viagem étnica, animal print e /ou dourados.

  • Use bijuterias e acessórios em madeira, com pingentes, penas, imitação de dentes, chifres e elementos que lembram a selva em texturas e formas étnicas inspirados em vegetais, animais, insetos ou com detalhes rústicos. Metais escuros ou prata fosca também funcionam bem.
  • O calçado que combina com o estilo safári são as sandálias de salto alto de madeira, abotinados, botas, assandalhados, sandálias baixas,tênis, mocassins, alpargatas, gladiadoras rasteiras ou altas com salto ou anabelas de cortiça ou corda.
  • Use também com sapatos com influência esportiva tipo sapatênis, botas ou calçados básicos do estilo masculino.
  • Combine com bolsas utilitárias, cinto- bolsa ou mochilas transadas.