Quanto mais purpurina melhor

Inverno brilhante

Antigamente inverno era temporada de roupas escuras e foscas, cores neutras e corpo coberto.

As propostas atuais para o inverno 2017  rompem com este conceito e se jogam nas cores, decotes e muito, mas muito brilho inspirada no Glam Rock e no astro David Bowie .

Vale brilhar com qualquer material.

versus-1

Verniz, vinil, lantejoulas, cristais, metais, tecidos glossy (com aspecto lustroso), paetizados, lurex, dourados e prateados.

Porém todo o cuidado é pouco quando a moda se torna tão “permissiva”.

Apesar de lindas e glamorosas, as peças brilhantes devem ser utilizadas com cautela.

Reem-Acra-Fall-Winter-Runway-Collection-2015-2016-New-York-Fashion-Week-Outfits-10

O brilho não pode ser excessivo para o look não perder a proposta, ganhado uma aparência mais “over” do que “up”.

O tempo passa e a moda também. Para ninguém se arrepender de ter brilhado mais do que deveria, alguns limites se tornam necessários.

O outono-inverno 2016 da Rodarte veio com uma pegada disco!

Brilho, muito brilho, com faixas coloridas, vestidos curtos assimétricos, bordados, decote profundo, couro, toques de renda e regatas de alcinhas leves.

Uma maneira atual de usar os brilhos.

Dia

Brilhar sem ofuscar

vans-1200x640

No sol o reflexo é bem maior

MG_4765

  • O brilho das lantejoulas, cristais, strass, cetim, metalizados, vidrilhos e miçangas estão liberados para o dia, mas é fundamental ter espaço para tantos reflexos.
  •  O que é necessário, apenas, é o bom senso.
  • Para looks diurnos, é recomendado misturar peças brilhantes aos básicos.
  • Quem preferir brilho na parte superior do look basta inverter a composição: brilho na parte superior e peça básica na parte inferior.
  • Durante o dia combine peças brilhantes com tecidos foscos e cores neutras, inclusive nos brilhos.
  • A proposta do brilho pode quebrar a monotonia das roupas de inverno e emprestar um toque de “luxo” em qualquer visual.
  • Na luz do sol nunca use mais de um detalhe brilhante de cada vez no corpo. Escolha entre o top, uma blusa ou detalhe de um vestido ou calça.
  • Os complementos (cinto,  bolsa, sapato) podem combinar com o brilho da roupa, mas não exagere na dose.
  • Nas propostas cidade, o brilho tem que aparentar esportivo. Evite “brilhar” com produções formais como tailleurs ou com cabelos com cara de festa.
  • Combine brilho com jeans, couro, sedas, camisetas, tricô, camisas brancas, botas, com saia de inverno e itens inspirados no guarda-roupa masculino.
  • Use as peças brilhantes como “forro” para roupas transparentes como as malhas finas, tricôs de trama aberta ou camisa semitransparente. Um luxo.
  • Se usar bijuterias, tente combinar com o tom dos brilhos.

Brilho Dourado

roupas-brilho

  • Os tons de dourado  são típicos de mulheres de atitude e que não sentem vergonha de chamar a atenção.
  • No inverno, uma combinação “high” são as saias dourada em paetês, meias calças pretas e camisas brancas. Para complementar o visual sexy, opte por deixar alguns botões superiores da camisa desabotoados.

Noite

3-42-e1456275640377

Espelho, espelho meu, existe alguém mais brilhante que eu?

roupas-com-brilho

Brilhe sem culpa a noite.

  • Se ligue que todo o brilho destaca volumes. Aumenta seios pequenos, mas também amplia quadris graúdos. Evite em lugares “proibidos”.
  • Na hora de investir, pense em roupas que possam ser repetidas em outras ocasiões. Produções feitas de duas ou mais peças desmembradas geram multiuso, inclusive de dia.

gucci_010_0204_ext_v4_qc_r7