Principais Tendências Primavera-Verão 2018

Verão 2017/18

O Verão Mostra as Caras

Fucsia

Associado a Elsa Schiaparelli (rosa shocking), o tom das camélias vai brilhar absoluto em todas as horas.

Camisetas com mensagens

Reivindicatórias, feministas, irônicas, artísticas, personalizadas, simples ou luxuosas as camisetas vão virar estilo e comunicação.

Robe de Chambre

O traje de quarto que vestia na intimidade o poeta inglês Lord Byron, associado a dandis como Hugh Hefner (dono da Playboy) virou modelagem em muitas marcas como peça forte para sobrepor.

Camisa de força

A camisa branca com muitas amarrações, mangas extralargas, enroladas com tiras ou correias, algumas lembrando “camisa de força psiquiatríca” em um exercício de ironia com as “loucas” por moda.

O campestre francês

Lembranças de Brigitte Bardot nos anos 1960 com uma estética ingênua, povoado de xadrez vichy, roupas campestres estampas inocentes estilo “lolita”

Silhueta T

Reminiscência da estética dos anos 1980, coloca os ombros em extremo destaque com uma estrutura mais exagerada que nunca.

Manga única

A monomanga é um inovação do “ombro só”, o “decote” dos anos 1980, os vestidos e roupas assimétricas com uma única manga coberta surpreende e é muito sugestivo.

Amarelo Cheguei

A ampla gama de tonalidades do baunilha até o mostarda, passando por muitos tons luminosos como o limão e o açafrão, nesta cor otimista ideal para os dias ensolarados e noites quentes.

Floral Anos 1960

As flores do verão 2018 pintam nostálgicas, repetindo o design dos anos efervescentes da cena “Swinging London” e das obras de Andy Warhol, com buquês de espírito “retrô”.

Plissados Fortuny

Uma homenagem ao mestre espanhol Fortuny que popularizou um tipo de  plissado muito elaborado, em uma textura canelada que criou o vestido “Delphos”, inspirado em estátuas greco-romanas.

Sutiã para fora

A roupa interior passa a ser protagonista no look, e não mais escondida.

O slip dress (camisola) já virou moda, inclusive sobre camisetas.

O “sutiã moda” é a grande novidade, evolução do “cropped top” e promete emplacar nos corpos em forma diminuindo as transparências ou se exibindo sem pudor.

Pretinho longo

Não existe cor que supere em elegância e estilo.

Com transparências, assimetrias ou cascatas de babados, o “black dress” continua um grande recurso de moda e imagem.

Passou lindo em muitas passarela, com cortes, decotes e fendas surpreendentes sacudindo a monotonia com tecidos mais elaborados, mas sempre em “total black”, como a moda batizou.

Cores Lisérgicas

As elétricas cores néon brilham como detalhe, nas roupas de banho e no surfwear, combinadas com o preto para um efeito mais “acid”.

Ásia

Foi a Gucci de Alessandro Michelle a primeira a “viajar” nos temas orientais com sucesso.

A Ásia é fashion e o distante oriente foi reinterpretado em sedas estampadas, motivos do oriente, saris e kimonos de tradição milenar.

Decote Coração

Desde a versão dark até os bustiers de bordados românticos e elaborados este decote que invoca altas doses de drama caiu no gosto de muitos estilistas e certamente vai bater forte em muitos corpos femininos.

Tendência Paraquedista

Mangas globo, jaquetas corta-ventos, tecidos técnicos, bolsos exteriores e cordas para franzir e ajustar, maxi volume, aspecto nylon e muitas amarrações desafiam a gravidade e aterrissaram um estilo aventureiro em muitas passarelas influentes.

Saia midi com fenda lateral

Uma fenda estratégica é uma das apostas sensuais da temporada.

O efeito “parêo” desvenda a coxa com audácia acentuando as formas femininas.

Mescla de cores

Algumas passarelas parece ter se inspirado no jogo Lego.

Legomania no roxo com fucsia,turquesa com tangerina, morango e verde pistache, quase um desafio as regras do bom gosto, com gamas que se combinam de maneira insólita.

Os “blocos de cor” (colour block) permanecem e com mais ousadia.

LWD

O “little white dress” foi comemorado em muitas passarelas.

O “branquinho básico” pode desfilar romantico com encaixes de renda, com macramê, transparências, decotes futuristas ou basicão, parente do minimalismo.

Tule

O tecido mais romântico do mundo saiu do ballet e incorporou modelagens arrojadas ou multi trabalhadas em babados ou “drapê” e também peças para o dia.

Leggings

Retorno do que não foi embora.

Legging é como um jeans: clássico.

Valem os “prints” (estampados), “sporty” (inspirados em roupas atléticas), brilhante ou fosco, valem todos.

Estampa camuflagem

Os militares permanecem no poder.

Os parkas e pantalonas emprestam o estampado camuflagem para peças mais femininas e sexies ou no estilo “lady”.

Pintam nas cores originais e na novidade dos tons aquarelados.

Microshorts

Mix dos shorts com “hot pants”, o shortinho deixou de lado a timidez, encurtou ainda mais e a cintura subiu.

Use com ombros volumosos que equilibram o look e potencializa a imagem.