O vestido mais famoso do cinema

Você pode não saber quem é Marilyn Monroe e nem nunca ter assistido um filme dela, o que é uma pena.

Mas é difícil encontrar alguém  no planeta Terra que não conheça o vestido rosa-shocking que a atriz usou para cantar que “Os Diamantes São Os Melhores Amigos de Uma Garota”.

Até Madonna copiou o vestido

Marilyn Monroe usou o vestido rosa shocking em 1953 no filme “Os Homens Preferem as Loiras”, dirigido por Howard Hawks, em uma das cenas mais famosas do filme, que se tornou objeto de inúmeras imitações, inclusive Madonna no clipe da música “Material Girl”.

Material Dress

O famoso vestido se materializou graças ao figurinista William Travilla.

Quando Travilla começou a trabalhar com Marilyn Monroe, tinha ganho um Oscar por seu trabalho em “As Aventuras de Don Juan” em 1948.

Já tinha vestido a atriz em oito filmes e afirmou ter tido um caso breve com ela. Conforme ele era impossivel não tombar a sexualidade de Monroe.

Assim como Audrey Hepburn tinha parceria com Givenchy, Marilyn tinha com Travilla.

Em 1953 Travilla criou o figurino para “Gentlemen Prefer Blondes”, incluindo o inesquecível vestido pink usado por Monroe no papel da personagem de Lorelei Lee na famosa sequência em que a atriz canta a canção “Diamonds are a girl best friend”.

Mas não era a primeira opção.

A roupa inicial era feita de meia arrastão com pedrarias que cobriam o essencial e um leque de penas de Aves do Paraiso( foto abaixo).

Esta roupa foi usada mais tarde por Betty Grable na abertura de seu show em Las Vegas

Felizmente o traje foi censurado por ser ousada demais e Travilla teve apenas dois dias para criar este famoso vestido em seda peau d’ange candy pink.

O vestido original era em forma de cartão

O vestido foi a leilão em 11 de junho de 2010, com um preço estimado de entre US $150.000 e $250.000 e descrito como “O vestido mais famoso do cinema”.

No final o vestido alcançou US $310.000.

No entanto, de acordo com os profissionais que participaram das filmagens, o vestido que foi vendido em leilão não era o original usado por Marilyn Monroe no filme, já que o modelo usado pela atriz em “Gentlemen Prefer Blondes” precisou ser entretelado com feltro, para permanecer rígido durante a coreografia.

Voce pode ver que ela levanta os braços e o vestido permanece perfeito.

Além das costuras de dois lado, o vestido foi dobrado em forma parecida com um cartão, mas que na tela aparenta um delicado vestido de seda.

O formato de cartão (como as roupas das “paper dolls), um truque usado no teatro, permitia que na coreografia o vestido permanecesse impecável, sem mexer.

Projeto

O vestido desenhado por William Travilla, um longo sem alças, tomara-que-caia com decote reto, braços descobertos e fendas laterais e enfeitado com um grande laço nas costas preso a um cinto fino, ambos no mesmo tom de seu vestido. O cinto segurava a roupa-cartão no corpo

O vestido foi usado com um par de luvas longas e muitas joias, diamantes, de acordo com o tema da canção que canta a atriz.

Mas apesar de na música ela invocar a Joalheria Tiffany’s e a Cartier, as joias usadas eram falsas, de fantasia, já que a quantidade era enorme

Impacto na cultura popular

Ao longo dos anos virou um ícone da moda e do cinema e como o vestido branco plissado de “O Pecado Mora ao Lado” (também de Travilla) foi muitas vezes imitado e parodiado.

  • Um dos covers mais famosos é o da cantora Madonna no vídeo “Material Girl” que declarou ter odiado o vestido pela dificuldade nos movimentos da coreografia.
  • A francesa Kylie Minogue, que se considera a Marilyn Monroe atual, copiou a estrela em um show.
  • A mexicana Thalia usou uma réplica deste vestido durante a execução de “Diamantes são os melhores amigos das mulheres” na Espanha em 1991.