Ieda Maria Vargas, nossa eterna Miss Universo

Ieda Maria Vargas. (Foto: Jackson Ciceri/o Sul) reprodução

Uma beleza natural

Diferente das misses da atualidade, Ieda não se preparou para a passarela.

Ela foi considerada a mulher mais bonita do mundo sem nenhuma intervenção cirúrgica nem um procedimento especial no cabelo e tão pouco ficou horas na academia.

Ela, simplesmente, exibiu suas curvas naturais.

Depois de rodar o mundo, conhecer mais de 20 países, Ieda foi vítima de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) quando tinha 55 anos.

Mais uma vez, calma e serenidade a ajudaram a superar qualquer obstáculo.

Ela abandonou Porto Alegre para ter uma vida mais tranquila em Gramado.

Aos 72 anos, Ieda preserva a mesma beleza sem intervenções estéticas nunca foram uma opção.

Para ela, envelhecer é uma grande honra, e saber respeitar a passagem do tempo é um dos segredos para ser sempre bela.