Como manter o seu rendimento na bolsa

Bolsa da Chanel é investimento que dá lucro

evolução preços

Além de ser um complemento luxuoso para os looks do dia, as bolsas de grife já se provaram como um verdadeiro investimento – uma it-bag da Chanel, por exemplo, valorizou mais de 70% nos últimos anos.

Um dos modelos mais tradicionais da Chanel, a bolsa 2.55 de tamanho médio é um clássico desde que foi lançada em 1955.

Na época, a it-bag era vendida, nova, por US$ 220.

Hoje, o mesmo modelo custa US$ 4.900 e mantém uma valorização constante acima dos índices de inflação dos Estados Unidos – o que se explica por uma alta na mão de obra, na matéria-prima e também pela manutenção da exclusividade da marca. Notadamente entre 2010 e 2015, a etiqueta da bolsa teve um aumento de 71,92%, o que supera o reajuste dos imóveis na terra do Tio Sam.

Os números são apontados por uma pesquisa realizada pelo site Baghunter, especializado no comércio de bolsa de grife vintage e seminovas.

Com o estudo, é possível afirmar que a compra de uma bolsa da Chanel – não só a 2.55 como quase todos os modelos da marca – é um investimento de retorno atrativo em médio a longo prazo, com revendedores que chegam a pagar 80% do valor da venda final.

Já em leilões e em vendas diretas, sem intermediários, os valores podem ser ainda mais tentadores.

A evolução O Baghunter também destaca uma manobra recente da maison em relação a seus pontos de venda internacionais: desde 2014, a grife tem congelado preços ao redor do globo para atingir um equilíbrio em todos os continentes, o que deve ser concluído ainda em 2016, levando a uma nova alta dos valores no final do ano – a ideia é que a cliente da marca pague o mesmo por um item em São Paulo e em Tóquio.

Para quem está pensando em adquirir uma peça do tipo já com a ideia de revendê-la no futuro – ou para quem só quer preservar a sua bolsa para as futuras gerações se ligue nas dicas de conservação.

Como manter uma it bolsa sempre com aparência de nova

da388805d72915b428bc7670a13b37e3_XL

1 – Sempre manter suas peças em lugares arejados e protegidos de exposição a umidade e a poeira, utilizando os dust bags (sacos de flanela ou algodão) que vêm originalmente com as bolsas.

Os dust bags são importantes não só para a conservação como para a revenda, pois são peças essenciais para a valorização da bolsa, assim como cartões, cadeados e todas as peças que compõem uma bolsa nova.

2 – Usar enchimentos nas bolsas, para que elas mantenham sua modelagem intacta.

3 – Nunca guardar as bolsas encostadas umas nas outras. Desta forma você evita manchas e aderências no couro.

4 – Hidratar regularmente as peças de couro. Existem algumas formas disso ser feito, mas nossa sugestão é a aplicação do creme Nivea (o de latinha).

Use uma pequena quantidade e espalhe bem o produto até que fique homogêneo. Você pode usar também o óleo de amêndoas em uma gase.

5- Em hipótese alguma colocar produtos anti mofo no local de armazenamento das bolsas, eles causam danos irreparáveis no couro.

6 – Limpar as ferragens com produtos próprios (Silvo para peças prateadas e Brasso para peças douradas), ou polvilhar com um pouco de bicarbonato de sódio e lustrar com um pano macio.

7- Para as bolsas de camurça pode se usar uma borracha escolar branca para tirar pequenas manchinhas e imperfeições.

8 – Bolsas duras, como clutches de metal, devem ser limpas somente com uma flanela macia ou bolinhas de algodão.

9 – Para limpar as manchas comuns que deixamos nas bolsas brancas e off white (normalmente de jeans), use uma esponjinha ótima chamada Mr Clean Eraser, à venda nas lojas Walmart no Brasil e em qualquer farmácia nos EUA.

10 – Para tirar odores de peças de couro sugerimos alguns métodos caseiros simples de fazer.

Coloque a peça em um local da casa que receba sol indireto. O contato direto com a luz solar pode fazer o couro rachar, lascar e se desgastar. Escolha um espaço em frente a uma janela que filtre a luz solar ou atrás de uma tela.

Você pode também embrulhar o couro em papel kraft, a qualidade porosa do papel é ótima para absorver cheiros ruins, e coloque em uma caixa com jornais amassados e deixe até dois dias.

Para limpezas mais profundas o ideal é sempre procurar profissionais especializados em couro.